Mulheres fortes e desbravadoras mantêm empresas de sucesso do ABCD

Mais visitadas

No Dia Internacional da Mulher, elas mostram que histórias de luta, persistência e muito trabalho marcam trajetórias emblemáticas

fundadora e CEO da rede Sodiê Doces, Cleusa Maria da Silva
No Dia Internacional da Mulher, Cleusa Maria da Silva é exemplo de sucesso. Foto: Divulgação

Desbravadoras, corajosas, inteligentes, guerreiras, sensíveis e, acima de tudo, sonhadoras. Hoje, no Dia Internacional da Mulher, um dos exemplos de todos os adjetivos acima é a fundadora e CEO da rede Sodiê Doces, Cleusa Maria da Silva. Cortadora de cana e empregada doméstica antes de criar seu próprio negócio, ela é craque em driblar os desafios da vida, que enfrenta desde muito jovem.

Atualmente, a empresa de Cleusa é representada por 29 unidades das 350 espalhadas pelo país (10 em São Bernardo; 8 em Santo André; 4 em São Caetano; 3 em Diadema; e duas lojas tanto em Mauá quanto em Ribeirão Pires).

Fundadora e CEO da maior franquia de bolos artesanais do país e 100% brasileira, Cleusa iniciou sua trajetória de sucesso em um imóvel de 20 m² em Salto, interior de São Paulo; era o ano de 1997. Foi ajudando sua patroa na confecção de bolos e doces que Cleusa enxergou oportunidade de abrir seu negócio e, após dez anos, com a marca consolidada no mercado, a Sodiê se tornou franquia.

Hoje, Cleusa está à frente das mais de 350 lojas espalhadas pelo País e das duas em Orlando, nos Estados Unidos. “Minha história é de luta pela sobrevivência. Não foi sorte, foi trabalho dia após dia. Nunca me vitimizei, sempre acreditei na minha força. Toda pessoa que persistir e batalhar pelo que quer, pode chegar lá. Ver de onde sai e onde cheguei é motivo de orgulho”, afirma Cleusa.

O trabalho de Cleusa não para. A marca acaba de lançar cinco sabores de bolo que integram o cardápio da rede – Banoffe, Limão Siciliano, Frutas Amarelas e dois da linha zero açúcar, o Bolo Trufado e o Bolo Trufado com Morangos. Outra grande novidade foi o lançamento de um novo modelo de negócio: a unidade container. O foco é a venda de bolos em pedaços, salgados, cafés e docinhos, além das entregas pelo delivery, por meio das vendas online.

São unidades menores, já que não têm cozinha para as produções e com valores de custo até 60% inferior ao de uma loja convencional. “Estamos a todo momento pensando em como podemos nos modernizar, tanto em relação aos nossos clientes, quanto aos investidores”, pontua Cleusa.

Cleusa, dona da Sodiê
Cortadora de cana e empregada doméstica antes de criar a Sodiê, Cleuza é craque em driblar os desafios da vida, Foto: Divulgação

Empreendedorismo

A cada dia há mais mulheres que conquistam seu espaço no mundo, em diversas vertentes. Foi com muito trabalho e estudo que a cirurgiã dentista Andrezza Fusaro fundou, há quatro anos, um verdadeiro império no segmento da beleza. Formada em Odontologia, com especialização em prótese dentária, a fundadora e CEO da Royal Face, maior franquia de estética facial e corporal no país, inspira cada vez mais mulheres a seguirem seus sonhos, sendo exemplo de empreendedorismo feminino. A marca teve crescimento orgânico em torno de 211% em faturamento no ano passado em relação a 2021 com uma receita anual de mais de R$ 300 milhões, com unidades em Santo André, São Bernardo, Diadema e uma em fase de implementação em Mauá.

O espírito empreendedor já faz parte da essência de Andrezza. Ao conquistar o primeiro emprego em uma rede de implantes, no início da sua carreira, logo no primeiro mês, se destacou em vendas, batendo a meta diária de R$ 100 mil.

Após dois meses, percebeu que tinha habilidades, até então desconhecidas, e decidiu investir no próprio consultório de 40m². “Montei um espaço muito sofisticado, mas acessível a pessoas de baixa renda, pois acreditava que todos mereciam ser tratados da mesma forma, com o mesmo cuidado e qualidade”, explica Fusaro.

Em 2015, já com o espaço consolidado, surgiu a autorização para os dentistas o uso da Toxina Botulínica. Andrezza, apaixonada pelo mercado de beleza, imediatamente se especializou em aplicação de botox, preenchedores faciais e fios de sustentação, em uma época que a harmonização facial e todos os procedimentos envolvidos eram uma inovação, se tornando rapidamente a primeira expert no mercado.

No início do negócio, para democratizar o acesso à beleza, a empreendedora teve uma ideia genial: oferecer o Carnê da Beleza que parcelava qualquer procedimento em 24x. O sucesso foi imediato e a clínica, que abria às 9h, já tinha fila todos os dias às 8h.

“A Royal Face ‘nasceu’ quando eu tinha 44 anos. Isso significa que não existe regra, idade, nada disso quando a pessoa tem foco, estuda e concretiza. Percalços pelo caminho sempre existirão, mas o medo não pode nos paralisar e temos que acreditar que a vitória vai acontecer”, finaliza a cirurgiã dentista.

Atualmente a marca está presente em 23 estados com 240 franquias abertas (12 clínicas próprias) e 356 vendidas (116 unidades para implantar). Para 2023 a meta é comercializar 120 franquias.

Andrezza Fusaro
Andrezza Fusaro fundou, há quatro anos, um verdadeiro império no segmento da beleza. Foto: Divulgação

Mais publicações

Últimas publicações