Motorista de aplicativo de São Bernardo é espancado e morre

Em 15 dias, três condutores foram vítimas de criminosos na Região do ABCD

 

Motorista de aplicativo Robson Leandro é agredido em São Bernardo e morre. Foto: Reprodução/Viva ABC

 

O motorista de aplicativo de São Bernardo Robson Leandro de Oliveira Divino, de 40 anos, foi espancado neste domingo (29/09). Ele foi internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Mário Covas, em Santo André, em estado grave, e não resistiu aos ferimentos e morreu nesta segunda-feira (30/09).

A família ainda não sabe o que aconteceu. O motorista foi localizado na rua Freire de Andrade, 100, perto da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Alves Dias, em São Bernardo, mesma região onde Robson Leandro mora com a família. Ele sofreu traumatismo craniano.

De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), Robson teria encerrado suas atividades  por volta das 4h e posteriormente iria a uma festa no bairro Terra Nova II.

Em 15 dias, três motoristas de aplicativo foram vítimas de criminosos na região do ABCD. Em 15 de setembro, uma condutora foi morta na cidade durante tentativa de assalto quando foi buscar duas passageiras em um baile funk. Ela levou um tiro no pescoço e morreu na hora.

Na sexta-feira (27/09), outro motorista de aplicativo foi agredido com coronhadas, amarrado e ainda obrigado a ligar no banco para fazer empréstimo. Ele atendeu a uma solicitação, na avenida Santo Amaro, em São Paulo, onde os passageiros eram dois homens com destino a Diadema. Na realidade, eram dois criminosos. Ao chegar na cidade, um outro bandido entrou no carro e anunciou o assalto.

Como a vítima não tinha dinheiro, houve agressão com coronhadas. O condutor do veículo foi colocado no banco de trás e ainda teve os punhos amarrados. Também foi colocada uma sacola na cabeça dele. Após as agressões, os assaltantes ainda exigiram que o motorista ligasse no banco para fazer um empréstimo.

Depois disso, foram até Shopping da Moça, no Centro de Diadema, onde realizaram diversas compras, e posteriormente fugiram.

Na Grande São Paulo também houve problemas. Um motorista de aplicativo foi morto em Suzano neste fim de semana, na estrada Índio Tibiriçá.

 

Carro de motorista de aplicativo de São Bernardo foi encontrado no bairro Três Marias, em São Bernardo. Foto: Reprodução/Viva ABC

 

 

2 Comentários

  1. Esses apps são um lixo.

    Estão cagando para os motoristas.

    Deixam que qualquer pessoa se cadastre em 1 min no app e solicite corridas, sem uma foto, sem uma consulta ao CPF do usuário, sem nada…

    Fui motorista de app por 1,5 ano e hoje graças a Deus, tenho um trabalho digno.

    Enquanto vocês, motoristas não pararem todos juntos por 1 ou 2 dias, nada será feito…

    Muito pelo contrário.

    Os crimes contra motoristas de app, que sao divulgados, não chegam a 30% do que realmente são…

    As próprias empresas de APPS, censuram muitaaaaa coisa, através de emissoras, jornais e sites corruptos e vendidos.

    Unam-se…sem motorista, não há lucro para os apps, e quem controla isso será obrigado a rever tudo o que esta errado.

  2. A sociedade é que está um lixo. O aplicativo nada mais é reflexo disso tudo.
    A ocasião faz o ladrão. Se não for isso, será outra coisa. lamentavelmente.
    O que já está acontecendo bem antes desses incidentes que estão vindo à tona só agora? Estão evitando Diadema e ABC, que é outro lixo de lugarzinho.

Comments are closed.