Montador de móveis é preso por importunação sexual contra grávida em Sto.André

Guarda Civil Municipal fez flagrante após moradores vizinhos prenderem o homem no quintal

 

Guarda Civil Municipal fez flagrante após moradores vizinhos prenderem o homem no quintal. Foto: Divulgação

 

Equipes da GCM (Guarda Civil Municipal) de Santo André prenderam nesta quinta-feira (19/03) um homem por importunação sexual contra uma grávida de cinco meses.

Por volta das 09h20h, a GCM foi acionada por populares, na rua Mangueira, no bairro Paraíso. Eles afirmavam que tinha uma mulher sendo vítima de violência sexual dentro da própria residência.

Imediatamente equipes especializadas do ROMU e ROMO cercaram o local e detiveram Eudes Alberico Sousa, de 30 anos, montador de móveis.

A vítima, grávida de cinco meses e mãe de duas crianças, informou ter adquirido móveis para sua cozinha em uma grande rede de lojas e que nesta quinta-feira o montador foi até sua casa.

De acordo com a ocorrência, em determinado momento, enquanto ela estava no quarto com as crianças, notou que o acusado a observava e logo depois ele a chamou na cozinha. Quando a mulher grávida se aproximou do cômodo, se deparou com o montador de móveis se masturbando.

A vítima entrou em desespero e começou a gritar por socorro. O agressor, então, pegou uma faca de cozinha e passou a ameaçá-la, porém a mulher  continuou a gritar até a chegada dos vizinhos, que trancaram o homem no quintal, momento em que a casa foi cercada pela equipe ROMU 1262, formada pelos GCMs Pegoraro, Pacheco e Israel Leite.

A ocorrência foi conduzida à Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo André, onde o acusado responderá por crime contra dignidade, importunação sexual e ameaça.