Mauá tem pedra que atrai “amor”

Diz a lenda que visitante que passa a mão na “Pedra do Amor” arruma relacionamento afetivo

 

Pedra do Amor é atração dentro do Parque Gruta Santa Luzia. Foto: Lucas Miranda

Quem não quer encontrar um grande amor na vida? Diz uma lenda em Mauá que quem passa a mão em uma pedra situada dentro do Parque Ecológico Gruta Santa Luzia atrai um relacionamento afetivo. Batizada como “Pedra do Amor”, e em formato de coração, a rocha atrai muitos visitantes por mês.

A Perda do Amor fica em uma região cuja visitação ocorre desde 1975. Conhecido como o Parque Ecológico Gruta Luzia, o local era uma antiga área de exploração de minerais. Era uma pedreira da família Ferrari, que funcionou nas décadas de 20 e 30.

O local tem 450 mil metros quadrados de Mata Atlântica, sendo que o parque é protegido por leis ambientais. Além da Pedra do Amor, também há a Gruta de Santa Luzia. O nome foi escolhido por mineradores que tinham devoção a essa santa da igreja católica conhecida como a que protege os olhos das pessoas. Dentro da gruta existe uma fonte de água e uma imagem da Santa Luzia. Os mineradores acreditavam que a água curava mais rápido os machucados provocados pela atividade da mineração.

Os visitantes, cerca de 7 mil por mês, também apreciam no espaço de preservação ambiental três nascentes do Rio Tamanduateí e é possível usar as trilhas para fazer caminhadas na mata. Há também lago formado por parte das águas que descem das nascentes e correm para formar o Tamanduateí.

Lago do Parque Gruta Santa Luzia embeleza espaço. Foto: Divulgação

O Parque fica na rua Luzia da Silva Itabaiana, 101, na altura do número 5.600 da avenida Barão de Mauá, entre o Jardim Itapeva e Jardim Adelina. O horário de funcionamento é das 7h às 17 h. Fone: 4578-5711.