Marido mata companheira e depois coloca corpo na geladeira em Sto.André

 Lucas Alves da Silva Santos, de 24 anos, deu um mata leão na mulher Engel Sofia Pironato, de 21 anos, e foi preso em Uber após denúncia

 

marido
Homem mata sua própora mulher por não concordar com o fim do relacionamento. Foto: Reprodução/TV Globo

Lucas Alves da Silva Santos, de 24 anos, deu um mata leão na sua companheira Engel Sofia Pironato, de 21 anos, nesta segunda-feira (18/03), no bairro Cidade São Jorge, em Santo André. O estrangulamento levou a mulher ao óbito. Depois do crime, o marido colocou o corpo da mulher dentro da geladeira sem prateleiras.

O homem não aceitava o fim do relacionamento. Ele fugiu, mas foi preso após a Polícia receber uma denúncia anônima. A prisão ocorreu às 18h quando voltou para a sua residência para buscar roupas. O criminoso foi detido em um Uber, no centro de Santo André.

Santos confessou o crime e foi conduzido ao 1º DP (Distrito Policial). O caso foi registrado no Boletim de Ocorrência como feminicídio. Esse foi o quinto crime desse tipo neste ano na região do ABCD.

Ainda na segunda-feira, a diarista Eleide Rodrigues de Oliveira, de 38 anos, foi atropelada e executada com seis tiros pelo marido, no Jardim Rina, em Santo André. O ccaso foi registrado do 53º DP de São Paulo, porque o assassino foi preso na avenida Jacu Pêssego ao tentar fugir e trocar tiros com a Polícia. Ele foi baleado, levado ao hospital, mas está bem.

1 Comentário

  1. Muito triste essas violência, aonde quem sofre mas é a vitima e a família. A violência doméstica não é só o fato de tirar a vida da pessoa mas aonde a pessoa sofre difamação,humilhaçães palavra de baixo astral e muita das vezes a vitima fica muito angustiada isso acontece diariamente com muita mulheres,fico muito triste pois também vivo essa violência.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*