Polícia apreende menor suspeito de participar de ataque à escola em Suzano

Investigação aponta que foram encontradas conversas em celulares dede e dos outros dois assassinos que indicam planejamento no massacre

 

suspeito
Terceiro suspeito foi apreendido a na manhã desta terça-feira, após autorização da Justiça. Foto: Reprodução/TV Record

 

A Polícia apreendeu nesta terça-feira (19/03) o adolescente suspeito de participar do planejamento do ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, no último dia 13 . O jovem tem 17 anos e ficará detido por pelo menos 45 dias, podendo ter o prazo prorrogado.

Esse adolescente já havia sido ouvido pela Justiça na quinta-feira (14/03), mas foi liberado, porque negou ter participado na elaboração de um plano para o massacre que resultou na morte de cinco alunos e duas funcionárias da escola. Os dois autores do crime (um de 17 e outro de 26 anos) se mataram depois do massacre. Antes da invasão na escola, o adolescente assassinou o próprio tio, dono de uma loja de automóveis.

Mesmo depois do depoimento e da liberação do do terceiro o jovem acusado de participar do crime, os policiais continuaram na investigação e encontraram conversas desse jovem e dos dois assassinos que mostraram o planejamento do ataque.

Baseada na nova apuração, a Justiça reviu o entendimento e a juíza Erica Marcelina Cruz, da 1ª Vara de Suzano, mandou aprender o adolescente após uma solicitação do promotor Rafael do Val.