Mais de 80% da população têm os seus níveis abaixo de vitamina D, diz especialista

De acordo médica, muitos precisam fazer a suplementação; Leia artigo da dra. Joseane Paula Vascon

 

Médica Joseane Paula Vascon defende suplentação. Foto: Divulgação

 

Muito se fala sobre suplementos, mas esse assunto ainda é bastante desconhecido. Os suplementos são preparações destinadas a complementar a alimentação e fornecer nutrientes, que podem estar faltando ou não podem ser consumidos em quantidade suficiente na alimentação.

Isso acontece por vários motivos, como pacientes em ambiente hospitalar ou debilitados; atletas que demandam de alimentação em quantidade exata e uma performance otimizada; ou pelo público em geral, no qual é muito comum a deficiência de nutrientes por disbiose (dificuldade de absorção de nutrientes), comorbidades associadas como alteração de colesterol, diabetes, obesidade (que inflamam o organismo) e até pela rotina do dia a dia e dificuldade de se alimentar como deveria, levando às mais diversas carências nutricionais.

Uma das mais recorrentes no consultório é a de Vitamina D, mais de 80% da população têm os seus níveis abaixo no suficiente e necessitam fazer a suplementação. Na minha prática vejo que em muitos casos as gotinhas e cápsulas não são o suficiente para que se possa obter os valores desejados dessa vitamina e, assim, podemos lançar mão da suplementação injetável que associado à regulação da rotina e ingestão alimentar mais adequada farão com que se atinja de maneira mais efetiva os resultados desejados em saúde, disposição, qualidade de vida e composição corporal. Pequenas mudanças podem gerar grandes transformações!

 

*A dra. Joseane Paula Vascon é Médica do Esporte e Nutróloga, formada há 10 anos é de São Caetano.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*