13 de agosto de 2022

Humorista e apresentador Jô Soares é cremado em Mauá neste sábado

Mais visitadas

Cerimônia contou com a presença da família e dos amigos mais próximos do ator

Jô Soares
Adeus: Humorista e apresentador Jô Soares é cremado em Mauá neste sábado. Foto: Divulgação/TV Globo

O corpo do humorista, apresentador e ator Jô Soares foi cremado na manhã deste sábado (06/08) na cidade de Mauá. O artista morreu aos 84 anos de idade a madrugada desta sexta-feira (05/08), no hospital Sírio Libanês que se localiza na Capital Paulista. Jô estava internado desde o dia 28 de julho e a causa de sua morte não foi divulgada pelo hospital a pedido da família.

A cerimônia contou apenas com a presença apenas de familiares e de amigos próximos de Jô Soares.

A morte do humorista gerou muita comoção no país. Além do carisma e talento, Jô Soares “entrou”  nos lares das famílias brasileiras levando uma alegria e diversão durante décadas.

Veja algumas das declarações feitas por famosos:

Carlos Alberto de Nobrega

“Eu chorei o amigo, eu chorei o que me lembrei de quando cada um comprou um carro, o dele pegou fogo e o meu veio quebrado. Nós tínhamos 20 e poucos anos e falei: ‘Jô, vou devolver esse carro e, se ele não aceitar, eu vou dar uma surra nesse cara’ e sabe o que o Jô falou? Como não sei brigar, ele disse: ‘Eu vou sentar em cima dele’. Ele tinha 150 quilos naquela época”.

Ana Maria Braga, apresentadora

“Eu tive a honra de conhecer e conviver com esse jornalista e humorista tão talentoso e querido de todos nós. Hoje o dia amanheceu mais sem graça. Vá em paz meu amigo!”

Pelé

“Jô era um grande amigo, inteligente, perspicaz, bem humorado e que adorava uma boa conversa. Acordo muito triste com a notícia de que essa grande estrela nos deixou. Apesar daquela famosa fala do filme, não, eu não sou Jô Soares. Mas como profundo admirador, eu adoraria ter sido.”

Tatá Werneck, apresentadora

“Que tristeza acordar sem você, Jô. Você talvez, só agora, entenda o quanto você era uma referência pra mim, apesar de ter te dito muitas vezes . Você mudou muitas e muitas vidas. Eu desmarquei 6 vezes a ida ao seu programa porque tinha pânico de ir e não ser bom. Porque “Ir ao Jô ” pra mim, era sentir que tinha dado certo. Aí você me ligou e disse “Você não gosta de mim? Por favor, venha. Quero te conhecer”. E você foi o que você é: um gênio, generoso. Gentil. Engraçado. Brilhante. Jô o que eu quero ser hoje só existe porque eu vi você sendo. Eu te amo muito. Te agradeço. Beijos Repletos de um amor e admiração gigantescos. Te amamos.”

Daniel, cantor

“Uma das poucas pessoas que conheci que me fazia sorrir de forma muito natural com seu jeito, sua empatia e seu dom excepcional! Foram poucas as oportunidades que tive ao seu lado, mas foram muito intensas! Muito obrigado Jô, pelas experiências incríveis e por tantos sorrisos! Você nos deixa um grande levado! Um ensinamento maravilhoso: Que vale a pena viver, vale a pena sorrir! Que sorrindo a vida se torna mais leve.”

Adriane Galisteu, apresentadora

“Meu Deus o mundo sem você… Meu amado amigo , diretor, conselheiro , vizinho que tristeza… você sempre foi cercado de amor e sempre será assim ! Vou seguir te aplaudindo e através de suas obras aprendendo com vc! Obrigada por tantas risadas , tantas conversas por todos os ensinamentos , te amo eternamente!”

Zezé Di Camargo, cantor

“Tive o privilégio de ser entrevistado por ele várias vezes. Um dos maiores artista do Brasil, Jô Soares tinha uma inteligência de fazer inveja. Sagaz, impetuoso e um humor com uma dose de finesa imensa!! Culto, poliglota e estar a seu lado era certeza de um aprendizado imenso. Vai deixar um vazio no humor e na arte. Meus sentimentos a família e que Deus o receba com a mesma alegria que ele causou na vida de todos Brasileiros. Descanse em paz Jô Soares.”

Thiaguinho, cantor

“Foi uma honra te conhecer, ser entrevistado, bater papo e sentir de perto toda essa genialidade e educação.”

Claudia Raia, atriz

“Receber a notícia da morte do Jô foi um choque para mim. Sabe aquelas pessoas que a gente acha que estarão sempre aqui, que são eternas? Jô era uma dessas pessoas para mim. Meu pai, meu amor, meu amigo, meu conselheiro… Ele representava tanta coisa para mim! Seu jeito de encarar a vida, de olhar e reparar em quem estava diante dele sempre me inspirou. Atenção genuína e o nosso tempo são das coisas mais preciosas que podemos dar a alguém. Jô era especialista nisso. Um ser humano inspirador, genial, talentoso e sempre disponível. Uma pessoa que fazia questão de exaltar os outros, de incentivar, de dar a mão e levar pelo braço quem quer que fosse. Pode reparar em suas entrevistas: muitas vezes, ele segurava na mão do entrevistado para tranquilizá-lo. Era esse o nível de cuidado com o outro que ele tinha! Conhecer o Jô foi um divisor de águas na minha vida: antes dele eu era Maria Claudia Motta Raia; depois dele, eu passei a ser Claudia Raia. Sim, foi ele quem me batizou artisticamente, e isso já diz tudo. Não haveria hoje uma Claudia Raia sem o Jô. Seja porque ele me deu o nome artístico, me deu a primeira oportunidade na TV e porque salvou a minha vida, quando me pegou pela mão e me levou ao médico depois de ver uma pinta na minha perna. Lá descobri que era um melanoma. Ele salvou mesmo a minha vida! Me acalma saber que sempre o celebrei em vida. Sempre disse a ele o quanto a amava, o quanto ele era, e continuará sendo, importante para mim, na minha trajetória. Hoje, no lugar das gargalhadas que sempre demos juntos, sinto um vazio enorme. Mas o que perdurará não será a tristeza pela sua partida: será a saudade e as memórias tão preciosas que cultivamos. Seu legado será eterno, Jô. Já estou com saudade. Te amo para sempre!”

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações