16 de janeiro de 2022

Greve dos Caminhoneiros afeta serviços públicos do ABCD

Mais visitadas

 Prefeitura de Diadema diz que escolas e UBSs podem ser afetadas; São Bernardo não terá coleta de lixo e Santo André reduz frota de ônibus

Região do ABCD sofre com desabastecimento de combustível e serviços públicos são atingidos. Foto: Giislayne Jacinto


A greve dos caminhoneiros e o desabastecimento de combustível começaram a afetar serviços públicos na região do ABCD. As Prefeituras emitiram comunicados de que os moradores enfrentarão diversos problemas.

A Prefeitura de Diadema informou que escolas e equipamentos de saúde poderão ser afetados em virtude do deslocamento de funcionários e acrescentou que a frota de transporte público vai circular com redução de veículos. “Chame o Samu apenas em casos de extrema necessidade e denuncie situações de trote que chegarem ao seu conhecimento”, informou nota do governo do prefeito Lauro Michels (PV).

Em São Bernardo, a administração do prefeito Orlando Morando (PSDB) comunicou que não haverá coleta de lixo nesta sexta-feira (25/05) em razão da falta de combustível.

A Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado) de Santo André, que administra o Ceasa do Grande ABC, também informou que os setores mais afetados pela greve dos caminhoneiros são os de frutas e de legumes, especialmente as mercadorias vindas de estados do sul e sudeste. Frutas nobres, como uva e maçã, já estão em falta.

Levantamento da Companhia aponta que 40% das entregas estão atrasadas e alguns segmentos, com os estoques baixos, estão com preços elevados. Frutas como manga, melancia, laranja, mamão, entre outras, estão com estoques reduzidos em 50% e os preços estão em média 40% mais caros. A batata e a cebola são outros exemplos desta alta. Um dia antes da greve, a saca da batata era vendida por um preço médio de R$ 80. Nesta quinta-feira (24/04) chegou a R$ 250, segundo informações fornecidas por dois dos maiores comerciantes do Ceasa do Grande ABC.

De acordo com a Prefeitura, também por conta da greve, a Feira de Produtores Rurais, que acontece às segundas, quintas e sextas-feiras, funcionou com 30% da sua capacidade. Os produtores da região de Sorocaba, cidades de Capela do Alto, Piedade, Pinhalzinho entre outras, não conseguiram chegar ao Ceasa e, por isso, não haverá comercialização no Galpão do Produtor.

“Vale destacar que, com a ameaça da falta de abastecimento, muitos consumidores triplicaram o volume das suas compras. Devido a esse aumento da procura e os baixos estoques, a partir desta quinta-feira a Craisa vai funcionar das 22h às 6h e não da 0h às 12h, como de costume. A administração da Craisa mantém uma estrutura de apoio aos caminhoneiros, com local para banho e alimentação. A procura por essa estrutura, que é oferecida pela Ceasa permanentemente, sofreu alta de 20% desde o início da greve. A Companhia segue monitorando todos os desdobramentos da paralisação”, informou nota da Prefeitura.

Transporte e trânsito
A SATrans avisou que a partir desta sexta-feira com frota será reduzida. As empresas Guaianazes, Curuçá, ETURSA, Parque das Nações e Vaz, vão operar com 65% da frota programada na sexta-feira, sábado (26/05) e domingo (27/05). Já as empresas Suzantur e Urbana vão operar normalmente nestes três dias.

Coleta de lixo

A coleta de lixo em Santo André vai operar em esquema especial a partir desta sexta. Estão sendo realizadas manobras internas para garantir a coleta em toda a cidade.

Postos de Gasolina e supermercados

Em todas as cidades do ABCD, a maioria dos postos não tinha combustível nesta quinta-feira. Os consumidores também lotaram os supermercados por temer desabastecimento de produtos. As filas nos estabelecimentos comerciais eram longas.

São Caetano

De acordo com a Prefeitura de São Caetano a merenda nas escolas está em situação normal, mas poderá haver alteração de cardápio. Já o transporte público vai funcionar normalmente até quarta-feira (30/05) e as remoções sociais, que são transporte de moradores para exames médicos estão suspensas neste fim de. semana.

A Secretaria de Saúde São Caetanol informou que a coleta ambulatorial de sangue estará suspensa nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), a partir de segunda-feira (28/05), em decorrência da crise no abastecimento de combustível em todo o país. As coletas de urgência e emergência, realizadas nos hospitais municipais, não sofrerão interrupção.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações