GCM infarta após ser agredido em Santo André

Guarda Municipal está em estado gravíssimo na UPA

 

Guarda Municipal está em estado gravíssimo na UPA Central após ser agredido e infartar no Parque Celso Daniel. Foto: Reprodução/Facebook

O GCM (Guarda Civil Municipal) Demedito Manoel da Silva, de 56 anos, foi agredido nesta quarta-feira (15/01) por um frequentador do Parque Celso Daniel. Ele levou dois socos no peito e infartou. O estado do guarda é gravíssimo.

O agente de segurança foi dar orientação ao freqüentador do parque sobre o uso de narguile, uma espécie de cachimbo, constituído de um fornilho, um tubo longo e um pequeno recipiente contendo água perfumada, pelo qual passa a fumaça antes de chegar à boca. Pais de crianças que estavam no local se sentiram incomodados com o fato e pediram a ajuda da GCM.

O usuário do parque se revoltou com a recomendação para não fumar no local e, segundo testemunhas, o jovem partiu para a agressão contra o GCM, que tem 33 anos de atuação na Corporação.

O caso foi registrado no 4º DP de Santo André e o agressor prestou depoimento e foi liberado e responderá por lesão corporal.

A Prefeitura foi procurada e emitiu uma nota. Leia:

“Munícipes solicitaram auxílio da Guarda Civil Municipal por causa da presença de uma pessoa que estava fazendo uso de narguilé no parquinho do Parque Celso Daniel, por volta das 16h45 desta quarta-feira (15). Os responsáveis pelas crianças que estavam no local foram até a sala de segurança da GCM que fica dentro do parque pedir ajuda.

O GCM Benedito Manoel da Silva, de 56 anos, foi até o parquinho e pediu para que a pessoa deixasse de fumar o narguilé, tendo em vista que havia a presença de diversas crianças, que poderiam ingerir a fumaça.

Após realizar essa orientação, o agente voltou para a sala de segurança da Guarda Civil Municipal. Alguns minutos depois, os pais retornaram à sede, e informaram que a pessoa continuava a fumar narguilé. O GCM então foi solicitar mais uma vez que o usuário parasse de fazer uso do narguilé. Neste momento, a pessoa começou a agredir o GCM, que foi socorrido pelos colegas.

Ao voltar para a sala de segurança, o agente passou mal e foi levado para a UPA Central. O mesmo teve três paradas cardíacas, está em estado grave, e será transferido para o Centro Hospitalar Municipal Newton da Costa Brandão para realização de exames complementares e continuidade no tratamento para sua recuperação.

O caso está sendo investigado pelo 4º Distrito Policial de Santo André”.

5 Comentários

  1. Na realidade, o usuário de drogas deveria ter sido indiciado por tentativa de homicídio qualificado e permanecido preso. O delegado deu uma suavizada para o marginal.

    • Verdade Antonio. Agora foi confirmado o falecimento do Guarda. Quero ver a atuação da Polícia e prender esse assassino.

    • Neste país bandido tem sempre a preferência da justiça. Ainda mais com essas leis absurdas que surgem a cada dia

  2. Tenho nojo das leis que regem esse país que favorece os foras das leis, bandidos e políticos corruptos enquanto pune trabalhadores e os cidadãos de bem , no caso desse usuário CADEIA nele e indenizar a família do GCM que Deus conforte essa Família

Comments are closed.