Garra prende homem por importunação sexual em Santo André

Crime aconteceu na avenida Industrial, onde vítima solicitou a ajuda de um pastor evangélico

 

Homem praticou ato ato libidinoso na avenida Industrial, em Santo André e foi para a cadeia. Foto: Divulgação

 

Uma equipe do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), pendeu na avenida Industrial, altura do número 3.227, em Santo André, um homem acusado de importunação sexual.

De acordo com a Polícia, a vítima estava sentada em um ponto de ônibus quando o homem se aproximou e virou em sua direção para praticar ato libidinoso

Abalada emocionalmente, a mulher decidiu pedir ajuda em uma igreja evangélica que existe na via. O pastor a acompanhou até o ponto de ônibus e também flagrou o homem se masturbando.

Uma viatura do Garra que fazia o patrulhamento no local foi acionada e homem foi preso em flagrante e responderá pelo artigo 215-A do Código Penal, que é praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro. A pena é uma reclusão de um ano a cinco anos.

Os casos mais comuns de importunação sexual envolvem assédios sofridos por mulheres em meios de transporte coletivo. Do ano passado até agora, já houve casos registrados em São Bernardo, São Caetano e São Paulo.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*