VOLTAR
  • Cidades
  • São Paulo

Enel SP registra 118 operações de furtos de energia no 1º trimestre de 2024

Além de ser crime, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica

  • Enel São Paulo registra 118 operações de furtos de energia no primeiro trimestre de 2024.
    Foto: Divulgação
  • Por: Redação
  • Publicado em: 05/07/2024
  • Compartilhar:

Além de ser crime, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica

Enel

Enel São Paulo registra 118 operações de furtos de energia no primeiro trimestre de 2024. Foto: Divulgação

A Enel Distribuição São Paulo registrou, no primeiro trimestre do ano, 118 operações com apoio policial em casos de furtos de energia, popularmente conhecido como “gato”. As operações planejadas pela distribuidora foram executadas com o apoio da Polícia Civil e resultaram em 107 prisões. Ao todo, foram realizadas 55.893 inspeções e identificadas 22.144 irregularidades nos 24 municípios sob concessão da companhia. Entre as cidades com maior número de irregularidades encontradas, estão: São Paulo – Capital (16.190), Santo André (918), Mauá (591), Embu das Artes (564) e Carapicuíba (544).

Os números representaram um acréscimo de 5% na taxa de identificação de irregularidades, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Esse resultado é um reflexo das ações de combate que a Enel Distribuição São Paulo realiza por meio de diversas ações tecnológicas e projetos sociais em comunidades, com ações educativas e serviços para a população. Com isso, a empresa envolve a comunidade e gera conscientização sobre os perigos e riscos das fraudes e furtos de energia. As fraudes identificadas atestam que o furto de energia se concentra em sua maioria nas residências (88%), mas também estão presentes nos estabelecimentos comerciais e industriais, o que representa 12% das ocorrências.

Além de ser crime, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecargas na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

Como identificar e denunciar um gato de energia.

A população também pode ajudar no combate às ligações clandestinas, denunciando situações suspeitas. Confira algumas dicas:

  • As ligações regulares precisam passar por um medidor de energia. Se tiver uma conexão direto da rede elétrica para uma residência, comércio ou indústria, pode ser uma ligação clandestina;
  • Fios sustentados por madeiras, bambus e outras estruturas improvisadas, também podem sinalizar que há um gato na rede de energia;
  • Quando um estabelecimento comercial vende mercadorias por preços baixíssimos, desconfie, pois o local pode estar praticando uma fraude na energia;
  • Presença de pessoas que acessam e manuseiam a rede elétrica do bairro, sem nenhum tipo de identificação ou equipamento de proteção, pode representar uma situação irregular. Somente a Enel tem autorização para trabalhar com a rede elétrica de forma segura e legal.

No site da Enel São Paulo tem uma área exclusiva para denúncias de fraude, basta acessar o site da empresa (www.enel.com.br) ou pelo aplicativo Enel SP, não é necessário se identificar.