Em visita à Vivacor, Taka Yamauchi fala sobre fuga de empresas

Candidato disse que mantém agenda propositiva com empresários que lutam para manter seus negócios na cidade

 

Candidato disse que mantém agenda propositiva com empresários que lutam para manter seus negócios na cidade. Foto: Divulgação

 

O candidato a prefeito de Diadema Taka Yamauchi (PSD) tem mantido agenda e conversas com empresários que enfrentam uma crise econômica no país.

Nesta quarta-feira (07/10), visitou as instalações da Vivacor, empresa que há mais de três décadas atua no ramo de tintas e vernizes em Diadema. O prefeiturável se reuniu com a diretoria e conversou com os funcionários.

Na conversa com Taka Yamauchi, a diretora Paula Rosso Baladi detalhou as dificuldades para manter a fábrica funcionando na pandemia.

Forte queda nos negócios

Há 36 anos gerando emprego e renda em Diadema, a empresária relatou “forte queda nos negócios”, e que apenas conseguiu suprir a folha de pagamento de 75 empregados mediante “redução na jornada de trabalho”.

“Sem ambiente favorável de investimento, sofre o empregador e, sobretudo, o funcionário que, demitido, fica sem saber como levar a comida para a sua mesa”, disse o candidato.

“Não vamos alimentar uma política assistencialista. A economia precisa girar em todas as direções. Promovendo ambiente sustentável para a iniciativa privada. Dar condições atrativas para investimentos na cidade, que vão gerar renda em empregos para a população”, completou Taka Yamauchi.

 

Taka faz visita a empresa. Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa