Em São Caetano, Skaf diz que não fez coligação para evitar toma lá dá cá

 Candidato a governador afirma que quer ter autonomia para indicar secretários

 

skaf
Skaf diz que quer governar sem fazer trocas. Foto: Gislayne Jacinto

O candidato a governador pelo MDB, Paulo Skaf, esteve nesta sexta-feira (21/09) em quatro cidades do ABCD: Santo André, Diadema, São Bernardo e São Caetano, sendo que nesta última cidade elevou o tom contra as alianças partidárias. “Não quis fazer coligações, porque quem faz não consegue governar nada. A responsabilidade de governar será minha no comando do governo do Estado”, disse.

Para Skaf, quando exitem muitas alianças, as indicações para o comando das secretarias são dos partidos aliados, sem que o governador possa escolher pessoas que deseja para comandar as Pastas.

Ao ser questionado em um eventual segundo turno como ficaria a questão das alianças. O emedebista afirmou: “Eu quero apoio, mas sem troca de favores. Eu não dou nada em troca”, disse.

Skaf reiterou que uma de suas prioridades será a educação e quer adotar como modelo as escolas do Sesi, que têm sido premiadas pela qualidade no ensino.

Com relação ao ABCD, criticou as estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), em especial a de São Caetano.

Quanto à segurança, voltou a dizer que está ruim. “Uma prefeitura de São Bernardo chegou a se assaltada. Isso é uma vergonha. É preciso uma grande reorganização da Polícia”,afirmou.

Skaf ainda questionou a gestão da saúde e disse que haverá mudanças no atendimento dos hospitais e citou como exemplo o Hospital Estadual do Serraria, que fica em Diadema. A ideia é que funcione integramente todos os dias da semana para aumentar o número de atendimentos. “Hoje é até sexta-feira, mas se tiver todos os procedimentos aos sábados e até mesmo aos domingos, é possível crescer o atendimento em 20%”, avaliou. “Não adiantar construir mais hospitais. Tem de melhorar o atendimentos dos que já têm”.

Ao encerrar o discurso em São Caetano, o emedebista afirmou que, como governador terá o vereador e atual presidente da Câmara de São Caetano, Pio Mielo (MDB), como seu porta-voz no ABCD. Pio é o coordenador regional da campanha de Skaf neste ano. “A região terá muita força porque Pio será o porta voz”, finalizou.

Alguns vereadores declararam apoio a Skaf, entre eles Jander Lira (PP) e Chico Bento (PP). Seu partido está com João Doria, candidato a governador pelo PSDB.

skaf
Skaf teve outras agendas no ABCD. Foto: Divulgação