15 de junho de 2021

Diadema antecipa vacinação de pessoas acima de 30 anos com comorbidades

Mais visitadas

Antecipação foi possível devido recebimento, nesta terça-feira, de 11.170 doses de vacinas

Antecipação foi possível devido recebimento, nesta terça-feira, de 11.170 doses de vacinas. Foto: Divulgação/PDA Tatiana Ferreira

Com o recebimento de um lote contendo 11.170 doses de vacinas do laboratório AstraZeneca, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Diadema decidiu antecipar para essa terça-feira (1º de junho), o início da vacinação das pessoas entre 30-39 anos com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde e deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A vacinação em Diadema segue sendo por livre demanda, ou seja, não é necessário agendar, basta o usuário comparecer ao posto de vacinação (veja lista completa aqui: http://www.diadema.sp.gov.br/secretaria-saude/26592-conheca-os-locais-de-vacinacao-para-covid-19) , das 8h30 às 16h, munido do documento de identificação com foto, CPF, comprovante de endereço e cartão do SUS/carteirinha da Unidade Básica de Saúde (UBS), além de documento comprobatório da comorbidade ou deficiência, por meio de exames, receitas, relatório ou prescrição médica. Para agilizar o atendimento, a SMS recomenda ainda o cadastro no site www.vacinaja.sp.gov.br

Até o momento, Diadema aplicou 111.107 doses de vacina contra a covid-19, sendo 73.854 primeiras doses e 37.253 segundas doses.

O município segue o cronograma estabelecido pelo Estado de São Paulo, ou seja, já estão sendo vacinados e também elegíveis para vacinação, os seguintes grupos prioritários:

  • Pessoas acima de 60 anos
  • Profissionais da educação e segurança. Em relação aos profissionais de saúde, desde 28/04/2021 o município vacina primeiras doses apenas para novos profissionais de saúde ingressantes dos serviços públicos de saúde (municipal ou estadual). Estes serão vacinados em seus locais de trabalho. Assim que houver recebimento de novo lote destinado a vacinação deste grupo prioritário, a aplicação será retomada
  • Síndrome de Down, pacientes em diálise e transplantados imunossuprimidos (18 a 59 anos)
  • Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (50 a 59 anos)
  • Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (50 a 59 anos)
  • Grávidas e puérperas com comorbidades (acima de 18 anos)
  • Motoristas e cobradores de ônibus
  • Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (45 a 49 anos)
  • Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (45 a 49 anos)
  • Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (40 a 44 anos)
  • Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (40 a 44 anos)
  • Pessoas com deficiência permanente que recebem BPC (30 a 39 anos): a partir de 1º de junho.
  • Pessoas com comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde (30 a 39 anos): a partir de 1º de junho.

Pessoas com comorbidades

As comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde que entram no grupo prioritário são:

  • doenças cardiovasculares
  • insuficiência cardíaca (ic)
  • cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e hipertensão pulmonar
  • cardiopatia hipertensiva
  • síndromes coronarianas
  • valvopatias
  • miocardiopatias e pericardiopatias
  • doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas
  • arritmias cardíacas
  • cardiopatias congênitas no adulto
  • próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
  • diabetes mellitus
  • pneumopatias crônicas graves
  • hipertensão arterial resistente (har)
  • hipertensão arterial – estágio 3
  • hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
  • doença cerebrovascular
  • doença renal crônica
  • imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com hiv; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer)
  • anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
  • obesidade mórbida
  • cirrose hepática

 

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações