1 de julho de 2022

Contrato de concessão da Zona Azul em Mauá chega ao fim, diz Estapar

Mais visitadas

Empresa informa que contrato de concessão com o município  foi concluído nesta terça-feira

rua de zona azul em mauá
Contrato de concessão da Zona Azul em Mauá chega ao fim. Foto: Reprodução/Google

A empresa Estapar informou que a concessão da Zona Azul em Mauá chegou ao fim nesta terça-feira (21/06). “A partir desta quarta-feira (22/06), os usuários do aplicativo Vaga Inteligente poderão, a seu critério, utilizar o saldo da Zona Azul como crédito em outros serviços da empresa de forma a criar alternativas ao cidadão, tais como pagamento de estacionamentos e reserva de vagas em aeroportos e arenas, e Zona Azul de outras cidades vizinhas, como Santo André e São Bernardo do Campo”, informou a empresa.
Além disso, é possível pedir o reembolso pelo próprio aplicativo. Para isso, basta o cliente acessar o app Vaga Inteligente, clicar no menu lateral — Outros Serviços — Entre em Contato e, após o preenchimento dos dados, será direcionado para um chat online onde deverá solicitar o reembolso dos créditos referente à cidade.
Já para quem possui o Cartão Recarregável, a devolução de eventual valor remanescente deverá ser solicitada até o dia 20 de julho deste ano na filial da empresa na cidade, localizada na Rua Campos Sales, nº 371, Vila Bocaina, de segunda à sexta-feira, das 08 às 18 horas.
“A Estapar agradece aos usuários e reforça que a prestação de serviços com qualidade ao cidadão de Mauá sempre foi uma missão para a empresa, mesmo com severos impactos por conta da Covid-19 em função do fechamento das cidades e restrições de mobilidade e circulação. A empresa se orgulha de ter oferecido soluções para facilitar a jornada dos motoristas e contribuído para mobilidade urbana da região”, afirmou a empresa que não informou se era possível a renovação contratual e porque os usuários não foram informados com antecedência sobre o fim da concessão.

Para mais informações, os usuários podem acessar este site.

A Prefeitura foi procurada para informar como vai ficar a questão da Zona Azul na cidade e se houver retorno a reportagem será atualizada.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações