Confusão entre funcionários da Enel e morador virou caso de Polícia

Mais visitadas

Boletim de Ocorrência foi registrado e relata que houve desentendimento e agressões mútuas; Polícia investiga caso e Enel demitiu funcionários 

funcionários da Enel
Funcionários retornaram à rua e geraram confusão.

Uma confusão entre funcionários da Enel e um morador da Rua Apolônio Monteiro da Mota, no Montanhão, em São Bernardo, virou caso de Polícia. Um BO (Boletim de Ocorrência) foi registrado no 6º DP (Distrito Policial) da cidade, que apura os fatos.

De acordo com o BO, a PM foi acionada para atender ocorrência e, quando os agentes chegaram na casa, foi informada que um funcionário de Enel havia sido socorrido pelo encarregado da empresa, e levado para o ao Hospital Notre Dame, onde apresentava um corte na cabeça e lesões no joelho.

funcionário da Enel
Funcionário da Enel também foi agredido na cabeça e no joelho por vizinhos segundo Boletim de Ocorrência. Foto: Reprodução/Redes Sociais

O morador relatou que dois funcionários da Enel adentraram a sua residência sem autorização e começaram a mexer na caixa de medição de energia elétrica. Ele achou a atitude dos funcionários estranha e solicitou que os mesmos se identificassem e explicassem o motivo de terem entrado em sua casa sem autorização. O morador afirmou que o homem respondeu com  desdém, e , por isso, empurrou o mesmo para fora da residência.

Nesse momento começou um desentendimento entre eles, e o morador disse ter sido agredido com o uso de um capacete de segurança no rosto por um dos funcionários da Enel.

Os vizinhos do proprietário da casa chegaram no local, e partiram para cima dos funcionários da Enel.

À Polícia, os funcionários da Enel argumentaram que receberam ordem de serviço para comparecerem até a residência situada no local dos fatos, para averiguar existência de picos de energia no imóvel.

Um dos funcionários alegou que recebeu autorização de uma pessoa da qual não sabe qualificação que poderiam mexer na caixa de energia elétrica no imóvel. Disse que o dono do imóvel empurrou seu colega de trabalho para fora da residência, o que gerou um desentendimento entre eles e outras pessoas (vizinhos) chegaram no local. Por conta disso, acionou a Polícia Militar.

funcionários da Enel
Funcionários da Enel tentam danificar portão de residência. Foto: Reprodução

A confusão ocorreu na terça-feira (19/12), mas nesta quarta-feira (20/12) a confusão continuou quando vários funcionários da Enel foram até o local. Um vídeo mostra os homens com uniformes da Enel e encapuzados danificando o portão da residência e até ameaçando moradores que filmavam a atitude deles. “Quem está filmando vai ficar sem luz”, disse um deles

Veja vídeo de funcionários que retornaram à rua

A Enel demitiu os funcionários. Leia a íntegra da nota oficial:

“A Enel Distribuição São Paulo considera inadmissível e repudia qualquer ato de violência. Assim que tomou conhecimento do caso ocorrido em São Bernardo do Campo, solicitou o imediato afastamento dos funcionários da empresa contratada 3C Services. A distribuidora adotará ainda todas as demais medidas cabíveis, como aplicar as penalidades previstas no contrato com a empresa prestadora de serviços. A Enel reforça que adota rigorosos padrões éticos em todas as suas operações e no relacionamento com seus clientes e fornecedores”.

Mais vídeo da confusão

Mais publicações

Últimas publicações