23 de outubro de 2021

Competição multiesportiva Haka Race reúne mais de 200 atletas

Mais visitadas

Disputas de mountain bike, canoagem, trilhas e rapel ocorreram no território urbano e natural da Estância

Disputas ocorreram território urbano e natural da Estância de Ribeirão Pires. Foto: Divulgação

A Secretaria de Juventude, Esporte, Lazer, Cultura e Turismo (SEJEL) da Prefeitura de Ribeirão Pires, em parceria com o Haka Race, grupo especializado na realização de esportes de aventura, realizou neste sábado (02/10), a tradicional competição multiesportiva que promoveu, aos 210 atletas participantes, um contato com o território natural e urbano da cidade, com disputas de mountain bike, canoagem, trilhas e rapel. A largada foi dada às 09h, do Complexo Ayrton Senna, para todas as categorias percorreram seus distintos percursos.

Antes da largada, no momento da concentração, as equipes participantes receberam as coordenadas dos postos de controle (PCs). Os PCs, que promoviam a troca de modalidade durante o percurso, estavam dispostos em vários locais: no Parque Oriental para o Mountain Bike; na Represa Billings, onde ocorreram as disputas de canoagem; e na Pedra do Índio, que dispôs do rapeu. Cada categoria disputou distâncias e percursos diferentes; Haka Mini Race (15 km) e Haka Race (35, 50 e 100 km).

A Mini Race, de 15 Km, incluiu todas as modalidades, exceto a orientação por mapa e bússola, a fim de tornar-se acessível àqueles que nunca fizeram uma corrida de aventura, o que é muito importante para a abertura do esporte, como detalha o atleta Marcos Zocaratto, que veio se São Caetano participar da corrida. “O fato do Haka Race também promover uma corrida para o público inexperiente é uma abertura para o pessoal crescer dentro do esporte, eles precisam de uma porta de entrada e essa é uma maneira excelente de agregar este novo público”, finalizou.

A atleta Marilse Temasia, de Registro, que disputou no percurso de 100 Km, detalhou as dificuldades do trajeto e a preparação necessária para concluir a corrida de aventura. “É preciso treinar para todas as modalidades, este será um percurso complicado. Já na parte mental é sempre saber que se trata de um trabalho em equipe. Somos um quarteto, e muitas vezes seu companheiro pode passar por dificuldades e você deve estar atento para ajudá-lo”, concluiu.

“Vou confessar, é diferente participar de uma corrida de aventura na própria cidade”, declarou o atleta ribeirãopirense, Marcio Mathias. “É um misto de alegria e de tranquilidade, pois pelo fato de morar aqui eu conheço o mapa com mais precisão, mas mesmo assim é preciso ter um grande preparo a fim de evitar qualquer erro”, finalizou Márcio, que participa de corridas de aventura há mais de quatro anos.

Segundo o Secretário da SEJEL, Claurício Bento, o fato de Ribeirão Pires promover a corrida de aventura do Haka Race mostra como a cidade já está apta a sediar eventos esportivos e culturais de vários tamanhos. “Ao poucos estamos retornando com nossos tradicionais eventos e, seguindo o plano de governo do Prefeito Clóvis Volpi, nós já sediamos várias atividades, como a 22º Volta Ciclística Internacional do Grande ABC, que foi promovida no mês passado, inauguramos o nosso Bike Park gratuito, o primeiro do Grande ABC, e agora temos o Ribeirão Old Classic – Encontro de Auto Antigos e Especiais, que será promovido todo o quarto domingo de cada mês no Complexo Ayrton Senna. Mas nosso trabalho não para por aqui, ainda queremos organizar muitas atividades para nossos munícipes”, finalizou o secretário.

O evento contou com o apoio da Secretaria de Saúde, da Guarda Civil Municipal (GCM), e da Secretaria Segurança Urbana, Mobilidade e Defesa Civil, que montou intervenções pontuais nas

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações