Com descontos em impostos e incentivos, Diadema apresenta plano a empresários

Encontro aconteceu nesta quarta-feira na sede do Ciesp; intenção do programa é atrair novos empreendimentos e oferecer vantagens às empresas já instaladas

 

incentivos
Prefeito Lauro Michels faz explanação no Ciesp de plano de desenvolvimento econômico. Foto: Divulgação/PDA-Thiago Benedetti

 

O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), apresentou nesta quarta-feira o Plano de Desenvolvimento Econômico elaborado pelo governo para atrair novas empresas e criar vantagens para os empreendimentos já instalados na cidade. A explanação aconteceu na sede do Ciesp (Centro das Industrial do Estado de São Paulo) e contou com a participação de representantes de 200 empresas.

Batizado como Fórum da Cidade, esse foi o segundo encontro realizado no município para expor o plano que consiste em medidas de incentivos. “O plano já está em vigor e qualquer empresa pode requerer os benefícios na Prefeitura”, informou Lauro ao acrescentar que o projeto já foi aprovado pela Câmara e a lei sancionada por ele.

Pela legislação em vigor, indústria, comércio e prestador de serviço podem ter descontos em impostos, como no ISS (Imposto Sobre Serviços), IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), além de taxas.

A instalação, ampliação, modernização e reativação da atividade econômica de empresas optantes pelos Simples Nacional, considerando a função social e expressão econômica do empreendimento, também terão incentivos revertidos em descontos no IPTU de 50% por até 5 anos”, informou a prefeitura.

No fim do evento, todos os presentes receberam um cartão com chip com todas as informações do plano e foram orientados a tirar dúvidas nas Secretarias de Finanças, Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Assuntos Jurídicos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Laércio Soares, afirmou que o plano deixou os empresários “animados” com a possibilidade de obterem incentivos fiscais. “Além disso, esse projeto está linkado com o novo Plano Diretor da cidade que será votado pela Câmara em breve”, disse.

De acordo com o secretário, as discussões começaram no ano passado. “O importante é atrair novas empresas e fomentar o desenvolvimento na cidade, principalmente com a criação de mais empregos”, finalizou.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*