7 de maio de 2021

Com covid, dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC morre aos 52 anos

Mais visitadas

Edinaldo Raimundo Gomes de Sá, o Baianinho da Otis, não resistiu às complicações da doença

 

Edinaldo Raimundo Gomes de Sá, o Baianinho da Otis, não resistiu às complicações da doença. Foto: Divulgação/SMABC-Adonis Guerra

O metalúrgico e dirigente sindical Edinaldo Raimundo Gomes de Sá, o Baianinho, representante do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na  Otis, morreu na manhã deste sábado (10/04), aos 52 anos, vítima da covid-19.

Ele iniciou sua militância em 1993, mesmo ano em que ingressou na Otis. Estava na direção do Sindicato desde 2008, integrando cinco mandatos na defesa dos direitos dos trabalhadores.

“Baianinho, companheiro, pai, marido, amigo e irmão que dedicou sua vida a luta em defesa da classe trabalhadora e dos mais vulneráveis. Sua garra por justiça e esperança fará muita falta. Descanse em paz nosso eterno irmão”, disse o coordenador de São Bernardo e trabalhador na Otis, Genildo Pereira, o Gaúcho.

O metalúrgico deixa a esposa e duas filhas. “Toda nossa solidariedade à família, amigos e companheiros de luta. Deixa um grande legado ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e aos trabalhadores na Otis”, conclui a nota de pesar emitida pelo sindicato.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações