Centenas de atletas de São Caetano vão à entrega do Centro de lutas

 Espaço atenderá 1,2 mil pessoas inicialmente, mas até o fim do ano número subirá para 1,8 mil

 

centro de lutas
Atletas prestigiam inauguração de Centro de Treinamento. Foto: Divulgação/PSCS

 

Com a presença de centenas de atletas, entre eles o medalhista olímpico Arthur Zanetti, o prefeito de São Caetano José Auricchio Júnior (PSDB) inaugurou neste sábado (1º/06) o maior centro de lutas da América Latina: o Centro de Treinamento Esportivo Mario Chekin, situado na Estrada das Lágrimas, 68, Jardim São Caetano.

A BMF e depois sua sucessora no projeto, a B3, investiram na construção R$ 25 milhões, mas depois desistiram de continuar patrocinando o atletismo na cidade. O prefeito afirmou que, a princípio, foi uma grande decepção, mas o município repensou o projeto que seria exclusivo para o atletismo, mas agora atenderá outras modalidades de lutas.

A empresa B3, com capital estrangeiro, entendeu que não tinha mais intenção de patrocinar o esporte e deixou o ginásio em situação ruim e tivemos de reformar. Além disso, foi decepcionante pela forma que fez isso, sem nos comunicar. Soubemos de tudo pela imprensa. Faltou comunicação e um prazo de transição adequado para fazer a saída e não de maneira enviesada como a B3 fez”, lembrou o prefeito. “Mas isso faz parte do passado e, agora, estamos entregando o ginásio totalmente reformado para atender a diversas modalidades”, completou Auricchio.

As modalidades contempladas com o novo espaço são taekwondo, jiu-jitsu, muay thai, karatê, judô, boxe e kickboxing. O complexo terá o segundo maior tatame fixo do mundo, com cerca de 2.300 m², com 1.278 blocos de 2m x 1m (o maior é no Japão). Diariamente no CTE será possível encontrar atletas de renome nacional e internacional, como os medalhistas de prata no Mundial de Taekwondo de Manchester (2019), Caroline Santos e Ícaro Miguel.

 

centro de lutas
Família de Mario Chekin, que leva nome do centro de treinamentos, foi homenageada neste sábado. Foto: Divulgação/PSCS

Manutenção

O vice-prefeito e secretário de Esporte, Beto Vidoski, afirmou que foram investidos R$ 500 mil na reforma e serão gastos com a manutenção do local R$ 3,2 milhões por ano.

Já temos cadastrados 1,2 mil atletas, sendo 22 deles federados e que competem por São Caetano. Vamos investir na base e São Caetano voltará a a ser um celeiro de atletas”, disse Viadoski ao acrescentar que até o fim do ano deve aumentar para 1,8 mil atletas utilizando o centro de treinamento.

O medalhista olímpico Arthur Zanetti disse que fez questão de participar da inauguração, pois o espaço é um estímulo ao esporte. “O espaço é maravilhoso, maior do que esperava. Vai atender as demandas dos atletas”, disse o medalhista ao acrescentar que ginásio para o treinamento ginástica artística e rítmica também está em fase avançada e deve ser concluído até o fim do ano.

centro de lutas
Entre as modalidades a serem praticadas no centro estão judô, taekwondo, jiu-jitsu, muay thai, karatê, boxe e kickboxing. Foto: Divulgação