Cantora Vanusa morre aos 73 anos em casa de repouso em Santos

Artista sofria de depressão e há um ano foi diagnosticada com Alzheimer

 

Cantora Vanusa morre aos 73 anos em casa de repouso em Santos. Foto: Divulgação

A cantora Vanusa morreu aos 73 anos na madrugada deste domingo (08/11), na casa de repouso onde vivia há mais de dois anos em Santos, no Litoral paulista.

Segundo a assessoria de imprensa da cantora, um enfermeiro da unidade de saúde percebeu, por volta das 5h30 da manhã, que ela estava sem batimentos cardíacos. Uma equipe da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) foi chamada e constatou insuficiência respiratória como a causa da morte.

Vanusa ficou internada recentemente por dois meses (agosto e setembro), no Complexo Hospitalar dos Estivadores, em Santos, para tratar uma pneumonia. A artista ficou em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e respirava com ajuda de aparelhos.

A cantora sofria de depressão e também tinha problemas por conta do uso exagerado de remédios de tarja preta.

Desde 2017 Vanusa não aparecia em público, após ser internada em uma clínica psiquiátrica para fazer tratamento da depressão. Faz um ano eu ela recebeu o diagnóstico de Alzheimer.

A cantora nasceu em 22 de agosto de 1947, na cidade de Cruzeiro, estado de São Paulo, porém foi criada em Uberaba e Frutal, em Minas Gerais.

Vanusa gravou 23 discos e vendeu mais de três milhões de cópias. A cantora também representou o Brasil em vários festivais internacionais e recebeu cerca de 200 prêmios. Por dois anos seguidos foi eleita a Rainha da Televisão.

A cantora foi casada duas vezes: com o músico Antônio Marcos, com quem teve as filhas Amanda e Aretha, e com o ator e diretor de televisão Augusto César Vannucci, pai de Rafael Vannucci.