Câmara de S.Bernardo gastará R$ 1 milhão a mais com convênio médico de servidor

Presidente da Câmara diz não estar preocupado com críticas porque consultou funcionários e argumenta que assistência médica vai melhorar

convênio médico
Pery Cartola diz ter economizado R$ 16 milhões. Foto: Facebook

A Câmara de São Bernardo vai concluir licitação nesta segunda-feira (03/09) para a contratação de uma empresa para prestar serviço de assistência médica. A abertura dos envelopes está marcada para às 9h. O presidente da Câmara, Pery Cartola (PSDB), admite que os gastos com convênio médico aumentarão em pelo menos R$ 1 milhão com o novo contrato.

Atualmente, o Legislativo tem despesas mensais em torno de R$ 200 mil com a assistência, conforme informou Pery Cartola.

Ao ser questionado se não está preocupado com os questionamentos já que a Câmara aumentará seus gastos com convênio médico, o tucano afirmou que não. “Não estou preocupado com críticas, pois trata-se de um reivindicação dos servidores que foram consultados antes de tomarmos a medida. Eles reivindicavam um convênio melhor. O atual contrato vai se encerrar e tínhamos de abrir nova licitação. No ano passado, devolvemos para o Executivo R$ 16 milhões e este ano também deve girar em torno do mesmo valor. Nunca na história da Câmara de São Bernardo se economizou tanto. Cortamos onde tinha de cortar”, afirmou.

De acordo com o presidente, serão beneficiados 400 funcionários, mas ao incluir dependentes e agregados o número sobe para 789. O desconto na folha de pagamento do servidor deve girar em torno de 4% do salário.

O novo convênio deverá contar com reembolso de despesas médicas, exames e também uma rede ampliada, conforme exige o edital de licitação.

O prazo de contrato é de 30 meses, podendo ser prorrogável pelo mesmo período.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*