25 de junho de 2021

Cadeirante liderava bando preso por tráfico de drogas em São Caetano

Mais visitadas

GCM e Polícia Civil localizaram 100 invólucros com cocaína e maconha dentro do colchão onde dormia o deficiente físico no Centro da cidade

Cadeirante liderava bando preso pela Guarda Municipal por tráfico de drogas em São Caetano. Foto: Divulgação

Uma operação conjunta entre GCM (Guarda Civil Municipal) de São Caetano e Polícia Civil apreendeu na manhã desta segunda-feira (03/05) mais de 100 invólucros de drogas, como maconha e cocaína, na área central da cidade. Um bando (três homens e uma mulher), cuja liderança era de um cadeirante, foi preso e encaminhado à Delegacia Sede onde permaneceu à disposição da Justiça.

De acordo com a Corporação, o flagrante ocorreu durante diligência pela Avenida Conde Francisco Matarazzo com a Rua Samuel Klein, onde foram abordadas as quatro pessoas em atitude suspeita. O bando demonstrou certo nervosismo com a aproximação das viaturas.

O cadeirante, de 44 anos, uma mulher, de 41amns e um homem, de 38 anos, já têm antecedentes criminais por crimes diversos, juntamente com um homem de 54 anos que era procurado pela Justiça.

O cadeirante, em situação de rua, ocultava no interior de um colchão uma sacola plástica contendo 96 trouxinhas de substância esverdeada com características de maconha, além de uma bolsa contendo dez papelotes de substância branca, com características de cocaína, cachimbos de uso de crack, anotações típicas do tráfico de drogas, duas facas e dichavadores.

GCM e Polícia Civil localizaram 100 invólucros com cocaína e maconha dentro do colchão onde dormia o deficiente físico no Centro da cidade

Denúncia

Assim que recebeu a denúncia de tráfico de drogas, o secretário da Seseg (Secretaria de Segurança), Jorge Martins Salgado, entrou em contato com a Polícia Civil, por meio da delegada titular de São Caetano, Luciara de Cássia da Conceição Campos. Em reunião juntamente com a GCM, Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental) e CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), foi deflagrada a força-tarefa.

As substâncias foram encaminhadas para o Instituto de Criminalística, onde o exame de constatação resultou positivo para substâncias entorpecentes.

Perícia constata que substâncias apreendidas eram maconha e cocaína. Foto: Divulgação

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações