5 de agosto de 2021

Brasil vence o Peru e é campeão da Copa América

Mais visitadas

Mesmo com um jogador  a menos, seleção brasileira mostrou superioridade dentro do campo

 

Brasil é campeão da Copa América e presidente Jair Bolsonaro comemora título com jogadores

 

A seleção brasileira foi campeã da Copa América neste domingo (07/07) ao vencer o Peru por 3 a 1. Mesmo com um a menos, o time do Brasil foi superior em campo. Gabriel Jesus foi expulso, mas o time manteve-se equilibrado durante toda a partida.

O gols do Brasil foram feitos Everton Cebolinha, Gabriel Jesus e Richarlison. O jogador Guerreiro marcou o único gol do Peru.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, foi ao campo e comemorou o título com o jogadores.

Técnico

“Eu me tornei técnico da seleção hoje definitivamente. Pelo simbolismo do templo, o templo maior do futebol”, disse. “Não tenho adjetivo para traduzir isso, essa felicidade”, disse o técnico da seleção brasileira, Tite.

O técnico chegou à coletiva com um de seus netos no colo, e enquanto falava, seus netos brincavam no auditório do Maracanã. O técnico se emocionou ao falar da importância de sua família e disse não conseguir ver seu trabalho dissociado dela.

“Não é piegas se emocionar e falar do que é o sentimento. Eu não tenho problema nenhum.”

Tite disse que não encara críticas como algo que parte de quem está contra ele. “É do processo democrático, de busca, de crescimento”, disse o técnico, que afirmou que existem muitas formas de se jogar bem e ganhar no futebol. “Somos fieis a uma ideia de futebol que é consistente”, afirmou.

O treinador do Brasil também criticou a arbitragem e disse que questionou o pênalti marcado a favor do Peru. “O descritério da arbitragem foi notório.”

O técnico do Peru, Ricardo Gareca, também concedeu entrevista coletiva e disse considerar que o resultado da final foi justo e que o Brasil é uma solução sólida. Ricardo afirmou que o Peru melhorou desde o início da competição, teve seu momento na partida, mas o Brasil soube aproveitar bem as oportunidades.

¨Somos uma seleção que melhorou e vai melhorar. Se vermos desse ponto de vista, me deixa tranquilo. Isso não quer dizer que não há motivo de superação e de rever, porque temos que melhorar cada vez mais¨, disse ele, que rejeitou rotular o Peru como seleção revelação da Copa América. “É uma seleção experiente. Não se pode dizer que é uma revelação.”

O técnico peruano foi questionado sobre a possibilidade de assumir o comando da seleção argentina, país onde nasceu. Ricardo afirmou que, apesar de amar seu país, pretende honrar o contrato que assinou com o Peru até 2021.

“Tenho um contrato com um país que me ofereceu tudo e que me deu tudo”, disse ele.

(Da Agência Brasil)

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações