Apenas vereadores Chico do Judô e Marcelo Oliveira não estão na lista da PF

 Vinte e dois vereadores são acusados pela Polícia Federal de supostamente receberem propina do governo Atila

 

chico do Judô
Chico do Judô voltou para a Câmara nesta semana para participar da eleição da Mesa Diretora. Foto: Divulgação

 

Na decisão da Justiça que autorizou a PF (Polícia Federal) a fazer nesta quinta-feira (13/12) busca e apreensão no gabinete dos 22 vereadores, só não constam dois nomes das listas: Chico do Judô (Patriota) e Marcelo Oliveira (PT). Os demais parlamentares são acusados de receber propina do governo do prefeito Atila Jacomussi (PSB). O ex-secretário de governo João Eduardo Gaspar é apontado como sendo o operador de um suposto esquema de mensalinho. Tanto Atila quanto Gaspar foram presos pela segunda vez.

Chico do Judô não está na lista porque era secretário de Serviços Urbanos da Prefeitura e só retornou à Câmara nesta semana para participar da eleição da Mesa Diretora, que ocorreu na terça-feira (11/12). O investigado pela Polícia Federal é o primeiro suplente Jair da Farmácia, que estava no lugar de Chico do Judô.

Já Marcelo de Oliveira pertence à bancada de oposição e foi o autor do pedido de impeachment contra Atila quando o prefeito foi preso pela primeira vez em maio deste ano.

 

lista
Marcelo de Oliveira é da oposição e pediu impeachment do prefeito Atila. Foto: Divulgação

Veja lista dos vereadores citados na decisão judicial:

Adelto Damasceno Gomes (Cachorrão)

Admir Jacomussi

Cincinato Lourenço Freire Filho

Fernando Rubinelli

Francisco Everaldo Felipe Carneiro (Chiquinho do Zaíra)

Gildásio Estevão de Miranda

Helenildo Alves da Silva (Tchacabum)

Jair de Oliveira (Jair da Farmácia)

José Wilson Ferreira Silva (Melão)

Joelson Alves dos Santos (Jotão)

José da Silva

Manoel Lopes dos Santos

Osvanir Carlos Stella (Ivan)

Ozelito José Benedito

Ricardo Manoel de Almeida

Roberto Rivelino Ferraz (Professor Betinho)

Robson Roberto Soares (Betinho Dragões)

Samuel Ferreira dos Santos

Severino Cassiano de Assis (MSTU)