Aluno entra com simulacro de arma de fogo dentro de escola de Ribeirão Pires

Mais visitadas

Polícia foi acionada e responsável pelo menor foi chamado na delegacia

escola farid eid
Aluno entra com simulacro de arma de fogo dentro de escola de Ribeirão Pires

Um aluno, de 15 anos, entrou na manhã desta segunda-feira (15/02) com um simulacro de arma de fogo dentro da escola Escola Estadual Farid Eid, localizada na rua Fagundes Varela, n° 25, no Jardim Caçula, em Ribeirão Pires. A informação é da Polícia.

A PM informou que foi acionada e encontrou um aluno dentro da sala de aula. O estudante foi retirado do local pela coordenação da escola. Na busca pessoal, nada de ilícito foi localizado, mas ao verificar a mochila do aluno, uma soldada localizou um simulacro de pistola com a ponta do cano  pintado de preto.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o adolescente foi apreendido por portar um simulacro de arma de fogo. “Na ocasião, policiais militares foram acionados, após uma denúncia anônima informar que o menor teria levado o objeto à uma escola. Ele foi levado à direção que encontrou o simulacro em sua mochila. Diante dos fatos, o menor foi entregue ao seu genitor que se comprometeu a apresentá-lo ao representante do Ministério Público quando notificado”, afirmou.

Ainda de acordo com a Pasta, uma vítima que teria sido ameaçada pelo menor foi orientada quanto ao prazo para ofertar representação criminal. O caso foi registrado pela CPJ de Ribeirão Pires e o simulacro apreendido.

viatura na escola farid eid
GCM de Ribeirão Pires também foi até o local. Foto: Reorodução/Ribeirão Pires 24h

De acordo com as primeiras informações da PM, foi feito contato com a Delegacia de Ribeirão Pires que solicitou a apresentação da ocorrência e do objeto. Também foi acionado o responsável pelo menor e o representante da escola para  acompanhar a ocorrência que está em andamento no 1° DP de Ribeirão Pires.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) informou que a equipe gestora da unidade escolar, assim que teve conhecimento do ocorrido, chamou a polícia e os responsáveis pelo aluno. O caso foi registrado na Plataforma Conviva (Placon) e o Gabinete Integrado de Segurança e Proteção Escolar (Gispec), composto por servidores da Educação e da Polícia Militar, que contribuem para o planejamento das estratégias de segurança em toda a rede, também foi acionado.

“Os psicólogos da Educação seguirão acompanhando a escola. Além disso, estão previstas formações pedagógicas que buscam fortalecer a convivência e o sentimento de pertencimento por meio das diretrizes do Conviva. A Diretoria de Ensino e a escola estão à disposição dos pais e responsáveis para esclarecimentos”, afirmou a Pasta.

simulacro de pistola apreendido
Simulacro apreendido com aluno. Foto: Divulgação

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações