13 de agosto de 2022

Além do presidente do S.Caetano, mais 6 são presos por esquema em “feirinha”

Mais visitadas

Um revólver e cinco veículos de luxo foram apreendidos na ação que envolve suposta organização criminosa que atua em comércio popular

produtos apreendidos em casa de preso
Na casa de um dos presos foram apreendidos dinheiro em espécie, relógios, joias, bolsa de grife, cinco veículos de luxo e duas armas de airsoft – um revólver e uma espingarda. Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia Seccional de Polícia – Centro e o 12º Distrito Policial, prenderam sete pessoas durante a operações “Hades”, deflagrada nesta segunda-feira (23/05). A ação foi realizada no âmbito da operação Sufoco com a finalidade de combater as atividades de uma organização criminosa que atua na feirinha da madrugada, na região do Brás, no centro de São Paulo. Entre os detidos está o presidente do Clube São Caetano, Manoel Sabino Neto Hades.

Os trabalhos em campo foram realizados para o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão obtidos com a Justiça após investigações e atividades de inteligência das unidades policiais.

Durante nove meses, os agentes apuraram a atuação do grupo, envolvido especialmente com lavagem de dinheiro e a comercialização de espaços públicos, extorquindo ambulantes e comerciantes com ações intimidatórias e emprego de violência.

Participaram da operação 40 policiais, com apoio de 20 viaturas, que prenderam cinco homens e duas mulheres em decorrência das ordens judiciais.

Na casa do principal capturado foram apreendidos dinheiro em espécie, relógios, joias, bolsa de grife, cinco veículos de luxo e duas armas de airsoft – um revólver e uma espingarda.

No imóvel de outro preso foi encontrado um revólver calibre 38, com a numeração suprimida e cinco cartuchos intactos do mesmo calibre. Sendo assim, o homem também foi autuado em flagrante.

Curiosidade

O nome da operação faz alusão ao deus do submundo da mitologia grega. Da mesma forma, agiam os criminosos, os quais mantinham atividades sombrias.

presidente do São Caetano detido
Presidente do Clube São Caetano é detido pela Polícia Civil em São Paulo. Foto: Reprodução

Clube São Caetano

O Clube São Caetano diz que houve equívoco na prisão do presidente Sabino. A expectativa é de que com os esclarecimento ele seja solto.

Leia a íntegra da última nota

“O advogado Fabio Tumes, responsável pelos interesses do presidente Manoel Sabino e do São Caetano Futebol emitiu a seguinte nota para a imprensa.

“Trata-se um grande equívoco.

Estão associando o Sr. Sabino, presidente da Acircom, aos comerciantes de rua da Feira da Madrugada, no Brás. A operação é direcionada aos comerciantes que atuam “nas ruas” do Brás e Sabino atua exclusivamente com comerciantes que atuam dentro do Shopping Circuito das Compras, estes todos regulares e representados pela Acircom.

Houve extremo excesso e precipitação quanto a forma de cumprimento e quanto ao envolvimento de meu cliente. Meras especulações não podem servir para achovalhar a imagem de uma pessoa, tal qual o caso em comento, onde até um clube de futebol foi envolvido, sem ter absolutamente nenhum envolvimento”.

Com o desdobramento das investigações e averiguações por parte da polícia esperamos que esse episódio seja resolvido de forma sóbria”.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações