2 de dezembro de 2021

WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam pane global

Mais visitadas

Facebook, responsável por todos os serviços, ficaram seis horas fora do ar

WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam pane global. Foto: Reprodução

Internautas do mundo inteiros relataram que que nesta segunda-feira (04/10) o WhatsApp, Facebook e Instagram apresentaram instabilidade e estão fora do ar durante seis horas. Os três serviços pertencem ao Facebook, que informou no início da tarde que investigava o motivo pelo qual os aplicativos não estão funcionando.

As pessoas ficaram com problemas para enviar ou receber mensagens, fazer publicações e atualizar o feed de notícias. O Instagram Stories não carregava novos posts e o WhatsApp ficava com uma mensagem de “Conectando” no topo da tela.

“Estamos cientes de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização assim que possível”, informou o Facebook quando começou o problema.

O Instagram utilizou o Twitter para manifestar sobre a instabilidade: “O Instagram e amigos estão tendo um momento complicado agora e talvez você esteja com problemas para usá-los. Conte com a gente, estamos em cima disso”.

Muitas pessoas que fazem vendas pelo Instagram e pelo WhatsApp reclamaram que foram prejudicadas com a pane dos aplicativos.

Indenização

A depender da justificativa que a empresa vai dar para a falha técnica ocorrida, usuários poderão demandar em juízo indenização por prejuízos materiais ocorridos em razão da interrupção na prestação de serviços.

Para o advogado especialista em Direito do Consumidor na Era Digital, Marco Antonio Araujo Junior, o serviço prestado pela empresa proprietária do WhatsApp, a Facebook, se enquadra no conceito de serviços do Código de Defesa do Consumidor e, nessa linha, havendo falhas na prestação de serviços, a empresa poderá ser condenada a indenizar os prejuízos causados aos seus usuários, desde que devidamente comprovados.

“Há muito tempo o WhatsApp deixou de ser uma simples ferramenta de comunicação e passou a ser um serviço, com remuneração indireta, colocado no mercado de consumo. Pessoas e empresas que utilizam a plataforma como instrumento de trabalho ficaram impedidas de realizar suas atividades e podem ter tido prejuízos financeiros em razão disso. Se comprovados, o Judiciário pode condenar a empresa em indenizar os usuários”, explica Araujo.

Com a pandemia, as empresas passaram a utilizar os canais digitais para a realização de pedidos, vendas e entregas pelo aplicativo de Whatsapp. A pane em escala global causa prejuízos relevante à diversas empresas e usuários do aplicativo.

Além do uso pessoal, que não tem pagamento direto por parte do usuário, mas tem remuneração indireta em razão das publicidades direcionadas realizadas na plataforma do Instagram e do Facebook, a empresa também disponibiliza o WhatsApp Business, com funcionalidades especiais e benefícios para empresas de pequeno e médio porte.

Os usuários que se sentirem prejudicados pela interrupção dos serviços prestados deverão demonstrar os negócios que deixaram de ser realizados, os prejuízos que tiveram em razão da falha na prestação de serviços e comprovar, de forma efetiva, que deixaram de realizar suas atividades profissionais, segundo o especialista.

. Em julho, aplicativos tiveram problema após ajuste em configuração.

 Em julho, esses aplicativos também apresentaram problemas durante duas horas e meia. Na época, o Facebook informou que a falha foi provocada por um ajuste de configuração.

 

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações