4 de julho de 2022

Votação das contas de Marinho é adiada por falta de quórum

Mais visitadas

 Haviam oito dos 28 vereadores no plenário do Legislativo de São Bernardo

 

contas
Luiz Marinhoganha mais tempo para buscar apoio às suas contas. Foto: Divulgação

As contas do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho (PT) relativas ao exercício de 2015 foram adiadas nesta quarta-feira (17/04), porque não havia quórum. Somente oito dos 28 vereadores estavam no fim da sessão para apreciar a pauta. Pelo Regimento Interno, é preciso 16 parlamentares para votar e dez para para dar continuidade aos trabalhos legislativos.

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) deu parecer pela aprovação das contas, mas, no ano passado, os vereadores chegaram a rejeitá-las em plenário. Luiz Marinho recorreu ao Judiciário sob o argumento de que teve o direito de defesa cerceado. A justificativa foi acatada.

As contas voltaram novamente para a apreciação e o ex-prefeito protocolou sua defesa, nesta terça-feira (16/04). O relatório conta com 227 páginas.

Pra rejeitar as contas são necessários 19 votos, o que representa dois terços dos vereadores. A bancada do PT avalia que o ex-prefeito ganha mais tempo para para buscar apoio.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações