5 de agosto de 2021

Vereador pede à Justiça Eleitoral que investigue PSB e PSD de Mauá

Mais visitadas

Tchacabum e outros três suplentes apontam candidaturas laranjas e querem impedir diplomação de quatro parlamentares eleitos

 

Tchacabum e outros três suplentes apontam candidaturas laranjas e quem impedir diplomação de quatro parlamentares eleitos. Foto: Reprodução/Facebook

 

O vereador de Mauá Helenildo Alves da Silva, o Tchacabum (PDT) e outros dois suplentes Alexandre Vieira da Costa e Renato Barrozo Silva protocolaram nesta quarta-feira (16/12) representações que pedem investigação contra o PSB, do prefeito Atila Jacomussi,  e o PSD, do Juiz João Veríssimo,  por supostas irregularidades na cota de gênero nas chapas de vereador.

O trio argumenta a existência de candidaturas “laranjas” para completar o mínimo de 30% exigido pela legislação eleitoral.

Na ação, é citada a candidata Fátima Cunha, do PSB. Segundo a denúncia, ela pediu votos durante a campanha para o vereador reeleito Admir Jacomussi (Patriota), pai do prefeito.

Outro nome citado é do de Regiane Viana de Carvalho, a Nega do Povo, do PSD, que também teria feito campanha para outro candidato a vereador, Jeffinho do Oratório (PSD), que teve 302 votos e não foi eleito.

Há também um pedido de liminar para impedir a diplomação dos vereadores eleitos do PSB Samuel Enfermeiro e Ricardinho da Enfermagem, assim como do PSD Márcio Araújo e Vaguinho do Zaíra.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações