2 de dezembro de 2021

Vereador de Sto.André coleta assinaturas para CPI de Fundos Municipais

Mais visitadas

Ricardo Alvarez defende investigação de aplicação do dinheiro dos fundos na pandemia; governo diz que presta contas ao MP e que Psol quer 3º turno de eleição

Vereador Ricardo Alvarez discursa na tribuna da câmara de santo andré
Ricardo Alvarez defende CPI para investigar aplicação do dinheiro dos fundos municipais na pandemia; governo diz que presta contas ao MP e que Psol quer 3º turno de eleição. Foto: Divulgação

O vereador Ricardo Alvarez (Psol) iniciou nesta terça-feira (05/10) coleta de assinaturas para a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apuração da aplicação de R$ 85 milhões, retirados dos Fundos Municipais, para serem utilizados no combate à pandemia do novo Coronavírus. O parlamentar diz no documento que a ideia é investigar “possíveis irregularidades na Secretaria da Saúde/Recursos dos Fundos”.

Alvarez conta com duas assinaturas (incluindo a dele ) e são necessárias mais cinco para instaurar a comissão. A cidade conta com 21 vereadores e Wagner Lima, do PT, foi quem assinou o documento até o momento. “Agora vamos iniciar um trabalho de convencimento dos vereadores a partir desta quarta-feira (06/10)”, afirmou o parlamentar da oposição ao acrescentar que no último mês até conseguiu sete assinaturas para uma CPI para apurar o aumento de 23% na conta de água na cidade, mas quatro vereadores recuaram e impediram a instalação. O caso foi parar na Justiça.

Dessa vez, Ricardo Alvarez acredita que vereadores vão aderir também. No documento, argumenta que e o prefeito Paulo Serra sancionou lei em que a Secretaria da Saúde é obrigada a publicar em 24h as receitas e despesas dos Fundos e onde foi gasto o dinheiro. Segundo o parlamentar, essa exigência não estaria sendo cumprida. “Nosso papel é fiscalizar e queremos saber onde o dinheiro dos Fundos Municipais está sendo aplicado. É preciso ter transparência com os gastos públicos”, disse o oposicionista.

O governo do prefeito Paulo Serra criticou a iniciativa de Alvarez e afirmou que faz prestação de contas contínua ao Ministério Público.

Leia a íntegra da nota:

“Lamentavelmente, o PSOL tenta criar um terceiro turno para um processo eleitoral já concluído. Ressaltamos, no entanto, que a Câmara Municipal de Santo André já tem uma comissão que acompanha a gestão da pandemia da Covid-19. Além disso, destacamos que a Prefeitura realiza prestação de contas contínua para o Ministério Público, é referência no combate à Covid-19, sempre com total transparência, respeito e diálogo sobre os gastos relacionados ao tema. Ressaltamos ainda que, desde o primeiro dia de pandemia, nenhum andreense ficou sem atendimento médico. Um compromisso que assumimos é que corrobora mais de 66 mil pacientes que superaram a doença na nossa cidade, nos colocando como referência em cuidar de gente”.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações