Vacina contra a gripe esgota no primeiro dia no ABCD e está suspensa

 Governo destinou até o momento 107 mil doses e são necessárias 432 mil para a vacinação de todos os idosos

 

Governo destinou até o momento 107 mil doses e são necessárias 432 mil para a vacinação de todos os idosos. Foto: Divulgação/PDA

 

A campanha de vacinação na região do ABCD foi suspensa pelos prefeitos das sete cidades no primeiro dia. Acontece que foram entregues 107 mil doses, insuficientes para atendimento da população idosa da região, que totaliza 432 mil pessoas.

O governo destinou  30 mil para Santo André, 30 mil para São Bernardo, 13 mil para São Caetano, 12,5 mil para Diadema, 15 mil para Mauá, 5 mil para Ribeirão Pires e 1,5 mil para Rio Grande da Serra. Todas já aplicadas no primeiro dia de vacinação

Em reunião por meio de videoconferência do Consórcio Intermunicipal Grande ABC realizada nesta segunda-feira (23/3), às 18h, com os prefeitos Paulo Serra (Santo André), Orlando Morando (São Bernardo do Campo), José Auricchio Júnior (São Caetano do Sul), Lauro Michels (Diadema), Adler Teixeira – Kiko (Ribeirão Pires) e Gabriel Maranhão (Rio Grande da Serra e presidente da entidade regional), foi discutida a insuficiência de entrega de vacinas contra a gripe aos municípios, por parte dos governos federal e estadual, para atendimento da população.

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC encaminhará ofício à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e ao Ministério da Saúde solicitando as doses necessárias para a região.

Assim, as prefeituras municipais suspenderão a vacinação, até a entrega do segundo e terceiro lote de vacinas, pelos governos federal e estadual.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*