TRE mantém mandato do vereador de Santo André Almir Cicote

Suplente Jorge Kina queria vaga na Câmara sob alegação de infidelidade partidária, pois presidente do Legislativo trocou PSB pelo Avante

Cicote comemora manutenção de seu mandato na Câmara. Foto:Divulgação

O TRE (Tribunal Regional Eleitora) julgou improcedente nesta terça-feira (11/09) ação movida pelo suplente de vereador de Santo André Jorge Kina (PSB), que havia solicitado na Justiça a vaga do presidente da Câmara, Almir Cicote. A alegação era infidelidade partidária porque o parlamentar trocou o PSB pelo Avante, no mês de abril, para disputar as eleições deste ano como deputado estadual.

Justiça reconheceu que havia animosidade na relação de Cicote e a comissão provisória do partido o que tornou insustentável sua permanência no PSB.

O requerente não logrou êxito em demonstrar a infidelidade partidária do requerido, que apresentou justa causa para sua desfiliação e a anuência do PSB de Santo André”, relatou a Procuradoria Regional Eleitoral no processo que teve o argumentado acatado por unanimidade no TRE.

Cicote também tinha a garantia do governador Márcio França (PSB) de que não haveria o pedido de sua cadeira, o que não ocorreu.

Na tarde desta terça-feira Almir Cicote gravou um vídeo para comentar o assunto. Assista:

1 Comentário

  1. Não nada a favor de nenhum dos dois, mas as pessoas têm q ser um pouco inteligentes ou menos ignorantes quando se é político. Jamais um Juiz eleitoral afastaria Chicote do cargo, se a denúncia não parte do ex partido dele!

Comments are closed.