25 de junho de 2021

Tite diz que queda na ocupação de UTI possibilita retorno às aulas presenciais

Mais visitadas

Prefeito em exercício de São Caetano afirma que no início desta semana a ocupação dos leitos com covid caiu de 57% para 40%

Tite Campanella diz que queda na ocupação de UTI possibilita retorno às aulas presenciais. Foto: Divulgação/PSCS-Letícia Teixeira

O prefeito em exercício em São Caetano, Tite Campanella, disse nesta terça-feira à noite (25/05) que a ocupação em leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) para pacientes com Covid-19 caiu nesta semana e se a tendência de redução permanecer haverá aulas presenciais a partir de 7 de junho. Mas o prefeito afirmou que é preciso ter cautela quanto ao assunto. Caso o retorno das aulas presenciais seja confirmado, serão convocados para ministrar as aulas os professores já vacinados. Leia a entrevista concedida com exclusividade ao ABCD Jornal.

ABCD Jornal – Existem informações sendo veiculadas nas redes sociais de que o as aulas presenciais só retornarão no próximo semestre. Isso procede?

Tite Campanella – Não. A última declaração que eu dei foi pra você durante a inauguração da escola no fim de semana. Nós estamos monitorando e acompanhado os nossos índices de contaminação pra ver se ocorrerá algum problema com a volta das aulas ou não. Como havia dito, dia 7 de junho está previsto a volta do G4 e do G5. A gente espera começar de uma maneira segura. Agora, é claro que se a gente voltar a uma situação em que há 95% dos leitos ocupados realmente não será possível o retorno. Quando nós chegamos no domingo retrasado, os índices foram crescendo tendo início com 17% e, neste sábado, chegando a 57%. Isso realmente me preocupou, pois São Caetano é a cidade que possui muitas vagas de UTI. Hoje nós regredimos e voltamos a 40%, acabei de receber a informação que nós estamos com 40%. Então, está nos parâmetros do que nós achamos adequado pra fazer uma volta às aulas tranquila. A taxa de contaminação escolar é muito baixa, a criança não é vetor de transmissão.

ABCD Jornal – O senhor pretende convocar para dar aulas só os professores vacinados?

Tite Campanella – Sim, só os que já foram vacinados e tenham recebido as duas doses da vacina. E um trabalho que o Fabrício Coutinho (secretário da Educação) está fazendo. A gente quer fazer, inclusive, um inquérito epidemiológico dentro da educação. Nós queremos fazer uma pesquisa pra saber quanto que está nossa imunidade. Queríamos fazer isso pra cidade inteira, mas custa caro. Então, não conseguirei fazer na cidade inteira, portanto só farei na educação. Então, pra você ter noção, tem gente que já teve contato com o vírus e nem sabe que teve. A gente quer fazer um inquérito pra saber quanto da população da educação já teve contato e quem já está imunizado. Queremos imunizar todo mundo,  pois as vacinações ocorrerão todo ano. Se amanhã cria uma nova cepa não vai voltar às aulas? Vai esperar vir outra vacina? Porque o pessoal que está vacinando agora vai ter  que imunizar ano que vem também. Uma hora a aula vai ter de voltar, no mundo inteiro voltou, o Brasil é o país que está mais tempo parado sem aula. Isso só mostra a falta de seriedade com que tratamos a educação.

ABCD Jornal – Então, se a cidade mantiver uma queda na ocupação dos leitos de UTI as aulas vão retornar no mês que vem?

Tite Campanella – Com os atuais níveis de ocupação de UTI e nos números de contaminados, as aulas voltarão dia 7 de Junho, sem problema nenhum. Obviamente, se ocorrer uma catástrofe, uma onda muito forte, aí teremos que rever esse conceito, mas mantidos os atuais números constantes, sem problema.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações