13 de abril de 2021

Sto.André suspende contrato da Educação e terceirizada demite 479 funcionários

Mais visitados

Prefeitura diz ter considerado recomendações do Ministério da Saúde ara contenção da Pandemia de Covid-19

 

Santo André suspende contrato da Educação e terceirizada demite 479 funcionárias. Foto: Reprodução

 

A empresa Asservo, responsável pela limpeza das unidades escolares de Santo André teve seu contrato suspenso parcialmente pela e demitiu 479 funcionárias.

Para tomar a decisão, a Prefeitura disse ter seguido as orientações do Ministério da Saúde e  Governo do Estado de São Paulo para contenção dos avanços da pandemia de Covid-19, as aulas na rede municipal de ensino estão totalmente suspensas desde o dia 23 de março. De acordo com a administração, a empresa Asservo foi notificada da necessidade de suspensão parcial do seu contrato com a Secretaria de Educação, até que a situação decorrente da pandemia se normalize.

“A decisão está amparada no Decreto Municipal nº 17.343, de 3 de abril de 2020, que dispõe sobre a suspensão temporária dos contratos administrativos firmados com o município de Santo André. Esclarecemos que todas as atitudes da empresa são de sua inteira responsabilidade. A Secretaria de Educação almeja pelo breve restabelecimento da rotina da comunidade escolar e demais equipamentos da educação, bem como de toda a sociedade, com segurança e saúde”, informou a Prefeitura por meio de nota.

O Comitê das comunidades de Santo André também emitiu uma nota neste sábado. Leia:

“Sobre a demissão dos funcionários da Asservo multisserviços em Santo André. O Comitê das Comunidades, articulação da sociedade civil , composto por 63 comunidades de favelas e conjuntos habitacionais do município apresenta sua indignação mediante a demissão de 479 funcionários da Asservo multisserviços em Santo André. São em sua maioria mulheres, arrimo de família, que contam com esse salário para dar conta de necessidades básicas como aluguel e garantia de alimento aos filhos. Estamos em momento de pandemia, a crise se instaura em todo o mundo e chega até a cidade de Santo André.”, diz a nota que pede a recontratação das pessoas dispensadas.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações