Sto.André inicia obras no Parque Guaraciaba, onde fica o tancão da morte

Criação do maior parque do município dará destino à  área marcada por 30 óbitos nas últimas décadas

 

Tancão da Morte no Parque Guaraciaba foi marcado por 30 óbitos nas últimas décadas. Foto: Divulgação/PSA

 

A Prefeitura de Santo André começou neste domingo (10/11) as obras do Parque Guaraciaba. O novo espaço fica em área que ficou popularmente conhecida como “Tancão da Morte”, e será totalmente reestruturado para se tornar uma nova opção de lazer para a população.

A criação do Parque Guaraciaba dará um destino adequado a uma área que foi marcada por fatalidades nas últimas décadas. Desde 1984, quando a empresa que operava na área paralisou as atividades, ocorreram cerca de 30 mortes por afogamento no local

O Parque Guaraciaba vai contar com academia ao ar livre, área de eventos, campo de futebol com gramado sintético, ciclovia, espaço pet, estacionamento, mirante com deck, pista de caminhada e playground.

“Esse é um símbolo muito importante da boa política que temos praticado, de transformação e melhorias por toda a cidade. Todas as nossas ações têm como objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas e aqui não é diferente. Este parque já foi o Tancão da Morte e a gente espera que agora seja o tancão da alegria, do lazer e do esporte”, comentou o prefeito Paulo Serra. “Tem muita coisa boa que ainda vamos fazer nessa região, mas esse parque sem dúvida nenhuma tem um simbolismo muito especial e eu estou muito orgulhoso de poder participar disso”, completou.

A implantação do parque será pautada na segurança dos usuários, já que o lago possui um histórico de acidentes e fatalidades. O local é cercado por nascentes e remanescentes de vegetação nativa, que agregam o conceito de preservação e benefícios ambientais.

“O Parque Guaraciaba espera por essa revitalização há muitos anos. Para nós é uma grande alegria e estamos ansiosos para devolver à população mais lazer, bem estar, comodidade e trazer para o andreense o benefício que os parques urbanos trazem para a população. Temos 10 parques urbanos, duas unidades de conservação e o Guaraciaba será o maior de todos os parques, com muita importância ambiental”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, 54% do território de Santo André possui áreas preservadas e de mananciais. Considerando os parques, o município acumula 61% de área verde.

A auxiliar de escritório Kátia Eliane dos Santos, de 41 anos, cresceu brincando no local e comemorou o início das obras. “Eu cresci aqui e na minha adolescência vinha direto no parque, mas infelizmente diante de tantas mortes deixamos de usar esse espaço. Nessa região não temos nenhuma área de lazer, então pra mim e para os meus filhos vai ser uma obra muito boa”, comentou.

A revitalização contará com investimento de R$ 1,2 milhão. A previsão é que o Parque Guaraciaba seja inaugurado em 2020.

Histórico

Em 1988 começaram manifestações exigindo providências das autoridades para se evitar novas mortes por afogamento. Em 1989, na primeira gestão do prefeito Celso Daniel, o local foi desapropriado e, atendendo a pedidos das comunidades ao redor, foram iniciados os projetos para a construção de um parque, que foi aberto à população no aniversário da cidade, em 1992.

Posteriormente, o parque foi fechado e ao longo dos anos novas fatalidades foram registradas. As últimas cinco mortes ocorreram em 2014, o que levou o Ministério Público a solicitar a interdição total do espaço e pedir a adoção de providências para evitar outros casos.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*