13 de agosto de 2022

Sindserv Sto.André aponta aumento de violência contra servidores em UPAs 

Mais visitadas

Entidade sindical diz que fatos ocorreram em postos da Vila Luzita e Bangu que estão superlotados por conta da síndrome gripal

upa bangu
Sindserv Santo .André aponta aumento de violência contra servidores em UPAs. Foto: Divulgação

O Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos) Santo André informou que houve um aumento de violência contra servidores em unidades de saúde do município. A entidade sindical apresentou repúdio e cobra providências da Prefeitura.

De acordo com o sindicato, o caso mais recente aconteceu na última terça-feira (21/12) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Luzita, onde  uma paciente teve um surto psiquiátrico danificou um computador e agrediu um médico.

“Essa grave realidade vem acontecendo em Santo André porque os postos da Vila Luzita e Bangu estão superlotados e a Administração Municipal lamentavelmente não tem feito nada para resolver a situação”, afirmou.

“O Sindicato tem acompanhado denúncias de demissões de médicos nas unidades, sem a reposição de profissionais. Essa situação tem gerado aumento nas filas e sobrecarregado os demais funcionários”, completou o Sindserv.

Segurança

Ainda de acordo com a entidade sindical, outro problema seria a falta de segurança. “A Guarda Civil Municipal (GCM) foi retirada dos locais e temos visto aumento do policiamento e fiscalização de trânsito na região dos enfeites de Natal da cidade, fato lamentável”, disparou.

A  diretoria do  sindicato concluiu dizendo que é preciso tomar medidas administrativas para evitar o problema. “O Sindserv Santo André, mais uma vez, repudia todo tipo de violência e exige providências do prefeito Paulo Serra e do Secretário de Saúde, Marcio Chaves, para que sejam garantidas condições de trabalho, segurança e apoio para todos os servidores e servidoras da Saúde nas unidades médicas”, concluiu.

A Prefeitura de Santo André foi procurada e afirmou que  “ os questionamentos do Sindserv têm caráter político eleitoral, portanto, não gozam de legitimidade”.

 

 

 

 

Mais publicações

1 COMENTÁRIO

  1. resposta nada inteligente por parte da prefeitura, e creio que não partiu do prefeito, mas de assessores, ocorre que ao se levantar problemas administrativos municipais, a primeira ação é constatar a veracidade e caso seja inverdade, desmenti-la com provas, caso seja verdade, sanar os mesmos e administração inteligente politicamente, deve estar atenta a toda e qualquer armação de oposições, fechando toda brecha possível de se fazer tempestade em copo dágua, pois contra fatos, não existem argumentos!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações