Sessão em homenagem a ‘Bolsonaros’ tem invasão de petista e críticas de vereador

Mais visitadas

Mesmo com ampla divulgação do evento, Paulo Chuchu decidiu atacar a imprensa regional após “infiltrado’ atrapalhar o andamento da sessão solene

 

A sessão solene na Câmara de São Bernardo em homenagem ao ex-presidente Jair Bolsonaro e seu filho Eduardo Bolsonaro foi marcada por um petista que se infiltrou no meio do público bolsonarista causando irritação entre os presentes.

Houve um princípio de tumulto e a sessão foi interrompida e o homem retirado do plenário do Legislativo. Eduardo Bolsonaro, que discursava naquele momento, pediu tranquilidade ao público. Ele falou para ignorar o petista, enquanto o vereador Paulo Chuchu, além de chamar o adversário de “vagabundo” também resolveu atacar a imprensa local.

Apesar da cobertura frequente e constante dos meios de comunicação em todos os eventos políticos relevantes da cidade, bem como essa sessão solene, o vereador Paulo Chuchu expressou descontentamento com a cobertura jornalística. Ele fez críticas que deixaram políticos e autoridades constrangidos com a situação. Os repórteres presentes também não gostaram da postura indelicada do parlamentar que tentou jogar o público contra a imprensa.

Sessão em homenagem a ‘Bolsonaros’ tem invasão de petista e críticas de vereador. Foto: Divulgação

O vereador chegou a insinuar uma cobertura parcial e insuficiente de determinadas pautas políticas, principalmente as deles. Ele disse que os jornalistas só foram ao local por conta de Eduardo Bolsonaro.

Quanto ao “invasor” da sessão solene, ele foi identificado como Ananias Andrade, candidato a vereador pelo PT. Do lado de fora da Câmara, ele e outros oposicionistas fizeram protesto contra o ex-presidente.

Veja tumulto e momentos da sessão:

Entrevista

Após a sessão solene, Eduardo Bolsonaro concedeu entrevista coletiva, falou de apoios nas próximas eleições e disse que o grupo político acredita que Jair Bolsonaro irá disputar as próximas eleições para presidente da República.

Veja vídeo:

Homenagem

O Legislativo concedeu o título de “Cidadão São-Bernardense” por reconhecer as contribuições de Jair Bolsonaro enquanto chefe de Estado.

De acordo com a justificativa do decreto, o mandato do presidente da República Bolsonaro auxiliou na construção do Hospital de Urgência na cidade durante a Pandemia. Na época, o governo federal fez aporte de R$ 25 milhões para essa unidade de saúde iniciar suas atividades.

Mais publicações

Últimas publicações