Semasa abre licitação de ponte que caiu

 Ponte caiu no ano passado após abalo na estrutura; Travessia será erguida no bairro de Santa Teresinha, na altura da rua Bartolomeu de Gusmão

ponte
Ponte começará a ser construída na avenida dos Estados até o fim do ano. Foto: Divulgação/PSA-Ricardo Trida

Finalmente a ponte que caiu no ano passado na Avenida dos Estados, no bairro de Santa Terezinha, em Santo André, será construída. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) abriu nesta quinta-feira (21/06) concorrência internacional para a construção de uma nova travessia sobre o rio Tamanduateí.

A nova ponte ficará na altura do Sesi, nas proximidades da estrutura que precisou ser demolida no ano passado, após sofrer um dano estrutural irreversível. O Semasa acredita que a obra começará ainda este ano, com conclusão prevista para seis meses depois do início da construção.

O objetivo da obra, que será realizada na altura da rua Bartolomeu de Gusmão, é construir uma nova estrutura para atender o trânsito da via, favorecendo pedestres e motoristas no trecho de Santa Teresinha, da avenida do Estados, beneficiando especialmente o tráfego de usuários que desejam retornar sentido Mauá”, informou a administração.

A abertura dos envelopes com as propostas das empresas está marcada para 23 de julho. De acordo com a Prefeitura, o projeto prevê que esta nova ponte do Sesi ficará na direção da rua Bartolomeu de Gusmão e seus acessos cruzarão a praça Samuel de Castro Neves. A passagem terá 26 metros de comprimento, sendo composta por três faixas de rolamento com 3,50 m de largura cada uma. Em uma das laterais haverá ainda uma passagem de pedestres.

Além da ponte, a vencedora da licitação também deverá realizar adaptações no viário do entorno, além da adequação do sistema de micro-drenagem, para o escoamento adequado das águas de chuva. O custo previsto da obra é de cerca de R$ 4,8 milhões”, informou a Prefeitura.

O investimento servirá como contrapartida ao financiamento de US$ 25 milhões do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) ao município de Santo André, que serão utilizados para execução de um projeto de mobilidade na cidade.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*