Seguranças patrimoniais terão aumento salarial em Santo André

 Serão beneficiados com reclassificação de cargos 86 servidores da Prefeitura a partir de janeiro do ano que vem

Guardas partimoniais podem ter aumento salarial de até 65%. Foto: Divulgação/ PSA-Alex Cavanha

Uma reclassificação no cargos dos seguranças patrimoniais de Santo André permitirá um aumento salarial da categoria. Com a medida o salário base poderá chegar a R$ 2.105,61, conforme a classe de cada funcionário. Antes, o valor era de no máximo R$ 1.471,70. Já os cargos de supervisor e encarregado chagarão a R$ 2.888,13 e R$ 4.025,07, respectivamente, um acréscimo de mais de 65%.

De acordo com a Prefeitura, os seguranças patrimoniais têm, entre outras funções, promover a zeladoria dos equipamentos públicos pertencentes à administração da cidade, além de executar serviços de portaria e desempenhar atribuições correlatas.

Para que haja mudanças salariais, a Prefeitura de Santo André sancionou nesta sexta-feira (08/06) uma reclassificação os cargos e funções gratificadas dos seguranças patrimoniais, supervisores e seus encarregados. As mudanças entrarão em vigor em janeiro de 2019.

Estatuto

Essa não é a primeira mudança feita com relação à área da Segurança. Em novembro do ano passado, a GCM (Guarda Civil Municipal de Santo André) ganhou um estatuto para reger suas atividades. “O documento em vigor visa reorganizar cargos e classes, direcionar o código de conduta e disciplina, entre outros itens que beneficiam a categoria, com isso se torna possível garantir ainda um plano de carreira próprio, com perspectivas de crescimento profissional. Um dos principais pontos também é a melhora significativa para todos os GCMs, das mais diferentes categorias, no valor salarial de cada profissional”, informou a Prefeitura.