Sargento da Polícia Militar é atropelada por bandidos e morre

Veículo foi abordado na sequência e os dois criminosos que ocuparam o veículo roubado foram presos

Sargento Taís Valéria morre ao 42 anos atropelada por bandidos. Foto: Reprodução/Redes Sociais

 

A Sargento da PM (Polícia Militar) Tais Valéria Fanasca Melloni, pertencente ao 38° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, de Mauá, morreu na manhã desta terça-feira (03/09) em razão de complicações decorrentes de um atropelamento ocorrido nesta madrugada.
De acordo com a Polícia, a PM realizava atividade no município de Mauá, quando ao tentar abordar um veículo roubado, ocupado por dois criminosos, foi atropelada. Ela foi socorrida e levada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao Pronto-Socorro do Hospital Radamés Nardini, mas não resistiu aos ferimentos e foi ao óbito.

O veículo roubado foi abordado na sequência e os dois criminosos foram detidos.

A Sargento Tais tinha 42 anos de idade, servia à Corporação há 22 anos. A PM era divorciada e deixa duas filhas.

 

Veículo foi abordado na sequência e os dois criminosos que ocuparam o veículo roubado foram presos. Foto: Divulgação

3 Comentários

    • Perfeito.
      Matou, morreu.
      Simples e eficaz.
      Mas infelizmente neste lixo chamado Brasil, temos algumas organizações criminosas ( PT , Direitos Humanos, etc…) que defendem bandidos, pois na hora das urnas, são eles que os elegem.

Comments are closed.