13 de abril de 2021

Tite reabre Hospital de Campanha para pacientes com covid

Mais visitados

Estrutura, montada no Hospital São Caetano, no Bairro Santo Antônio, já está em funcionamento com 48 leitos de Enfermaria e dois de UTI

 

Tite reabre Hospital de Campanha para atender pacientes com covid; Foto: Divulgação/PSCS

 

Com o agravamento da pandemia do coronavírus em todo o País, a Prefeitura de São Caetano do Sul reabriu o Hospital de Campanha na noite de sábado (20/03). A estrutura, montada no Hospital São Caetano, no Bairro Santo Antônio, já está em funcionamento com 48 leitos de Enfermaria e dois de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Outros 28, de UTI, serão abertos em breve, mediante a chegada de equipamentos e materiais que estão em falta no mercado – como bombas de infusão e respiradores.

Com o Hospital de Campanha, o número de leitos de Enfermaria da rede municipal de Saúde para atendimento exclusivo a pacientes com covid-19 passa de 48 para 96. E, os de UTI, de 50 para 80 – quando os demais 28 já estiverem em funcionamento no local.

O Hospital de Campanha garante o isolamento necessário dos pacientes infectados pelo coronavírus, configurando-se em uma estratégia fundamental para a contenção da disseminação do vírus e para o atendimento mais adequado às pessoas com covid-19. A Enfermaria está operando no 4º andar do Hospital São Caetano, enquanto que o 3º andar está reservado para a UTI.

A unidade não tem atendimento porta aberta. Recebe somente pacientes transferidos do sistema de Urgência e Emergência (Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin e UPA) e do Complexo Hospitalar de Clínicas (formado pelos hospitais Maria Braido, Márcia Braido e Euryclides de Jesus Zerbini).

“Estamos trabalhando com muita seriedade e responsabilidade no enfrentamento da pandemia e, consequentemente, no atendimento da nossa população. Esta estrutura do Hospital de Campanha nos assegura tratamentos mais adequados a todos os nossos moradores que necessitem de internação”, afirma o prefeito Tite Campanella.

Ao ser transferido, o paciente é encaminhado ao leito por corredor e elevador de uso exclusivo para pessoas com covid-19. Cerca de 100 profissionais foram contratados para o Hospital de Campanha (médicos, enfermeiros, outros profissionais de saúde, recepcionistas, porteiros, seguranças e auxiliares de limpeza, entre outros). Todos capacitados a atuar nesta situação extraordinária.

Os pacientes internados no Hospital de Campanha não podem receber visitas, uma estratégia necessária para o controle da pandemia. No entanto, os familiares têm acesso a todas as informações sobre a evolução do quadro clínico por meio da equipe de acolhimento, que trabalha 24 horas.

O investimento inicial na reabertura do Hospital de Campanha é de R$ 300 mil. Estima-se que mais R$ 2 milhões serão investidos nos serviços especializados, para locação do parque de equipamentos, e nos serviços técnicos laboratoriais e de diagnósticos.

Aberto pela primeira vez em 17 de abril de 2020, o Hospital de Campanha de São Caetano recebeu 193 pacientes (dos quais 190 se recuperaram) até 26 de agosto. A interrupção do atendimento considerou a diminuição dos casos de covid-19 na cidade na época e a baixa taxa de ocupação, que não ultrapassou 5% nos últimos dez dias de operação.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações