25 de junho de 2021

São Caetano cria mais 20 leitos de UTI no Hospital de Campanha

Mais visitadas

Novas unidades, custeadas pelo Estado de São Paulo, auxiliarão na internação de pessoas da região que aguardam por vagas na Cross

Prefeitura de São Caetano cria mais 20 leitos de UTI no Hospital de Campanha. Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Caetano do Sul criou mais 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital de Campanha. Os leitos, custeados pelo Governo do Estado de São Paulo, auxiliarão na internação de pessoas da região que aguardam por vagas na Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde).

O Hospital de Campanha, montado no Hospital São Caetano, foi reaberto no dia 20 de março, com 48 leitos de Enfermaria e dois leitos de terapia intensiva de retaguarda. A Enfermaria funciona no 4º andar e a UTI, agora com 32 leitos, no 3º andar.

Com os novos leitos, o número de UTIs na rede pública da cidade para atendimento exclusivo a pacientes com covid-19 passa para 82. Os de Enfermaria são 96, no Complexo Hospitalar e no Hospital de Campanha. “Mais uma vez São Caetano avança na oferta de leitos, unindo esforços com o Governo do Estado para assegurar tratamento adequado aos que necessitam de internação”, afirma o prefeito Tite Campanella.

“Já estamos atendendo pacientes do sistema Cross desde o início do mês, quando os primeiros dez leitos de UTI foram instalados no Hospital de Campanha. Pouco a pouco temos observado aumento nas internações, principalmente nos hospitais particulares. O cenário se repete, mas estamos preparados para atender a demanda”, salienta a secretária de Saúde, Regina Maura Zetone.

O Hospital de Campanha não tem atendimento porta aberta. Recebe somente pacientes transferidos do sistema de Urgência e Emergência (Hospital Municipal de Emergências Albert Sabin e UPA) e do Complexo Hospitalar de Clínicas (formado pelos hospitais Maria Braido, Márcia Braido e Euryclides de Jesus Zerbini). Desde que foi reaberto já recebeu 185 pacientes.

O investimento na manutenção do Hospital de Campanha é de R$ 3,5 milhões ao mês, em serviços especializados, equipe hospitalar, locação do parque de equipamentos e nos serviços técnicos laboratoriais e de diagnósticos.

Aberto pela primeira vez em 17 de abril de 2020, o Hospital de Campanha de São Caetano recebeu 193 pacientes (dos quais 190 se recuperaram) até 26 de agosto do ano passado. A interrupção do atendimento considerou a diminuição dos casos de covid-19 na cidade na época e a baixa taxa de ocupação, que não ultrapassou 5% nos últimos dez dias de operação.

Hospital de Campanha, montado no Hospital São Caetano, foi reaberto no dia 20 de março. Foto: Divulgação

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações