25 de junho de 2021

São Caetano amplia o horário de funcionamento do comércio até 22h

Mais visitadas

Prefeitura argumenta que medida foi tomada para aquecer a economia e evitar aglomerações

São Caetano amplia o horário de funcionamento do comércio até 22h. Foto: Divulgação/PSCS

A Prefeitura de São Caetano do Sul ampliou o horário de funcionamento do comércio da cidade para até as 22h. A medida tem o objetivo de evitar aglomerações, além de possibilitar o aquecimento das vendas, visando a retomada econômica. Decreto regulamentando a iniciativa foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do município.

“A flexibilização do horário de funcionamento do comércio tem o respaldo do nosso corpo técnico de combate ao coronavírus. Com o horário estendido para fazer compras, evitamos aglomerações e, consequentemente, ampliamos a proteção da nossa população contra a covid-19”, ressalta o prefeito Tite Campanella.

O prefeito tem dialogado constantemente com os comerciantes da cidade na busca por alternativas às restrições impostas pela pandemia.

“Não se trata de priorizar o comércio em detrimento do combate à pandemia. Pelo contrário. Estamos fazendo todos os esforços para salvar vidas: multiplicamos o nosso número de leitos, reabrimos o Hospital de Campanha e somos a cidade que mais vacina na Grande São Paulo. Só que não paramos por aí. Como prefeito, também tenho a obrigação de buscar alternativas para o comércio. E é o que estamos fazendo. São trabalhadores, gente que, da noite para o dia, começou a enfrentar muita necessidade e que precisa do nosso apoio para superar este momento”, destaca Tite Campanella.

O texto versa que o funcionamento do comércio em geral (shoppings centers, galerias, comércio varejista local e estabelecimentos congêneres) está autorizado das 6h às 22h, com atendimento presencial ou retirada de produtos pelo consumidor diretamente nos locais de venda, observados o distanciamento social e os protocolos sanitários vigentes.

São Caetano é a cidade que mais vacina contra a covid-19 na Grande São Paulo: 31% da população já tomou a primeira dose e, 18%, também a segunda. As ações de combate à pandemia implantadas pela Prefeitura contribuem para a redução das internações – a cidade possui ocupação de 18% dos leitos de UTI e de 26% dos leitos de Enfermaria – no Hospital de Campanha, a ocupação é de 60% na UTI e de 34% na Enfermaria.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações