25 de junho de 2021

São Bernardo volta a ter toque de recolher a partir de segunda-feira

Mais visitadas

Anúncio foi feito pelo prefeito Orlando Morando em live realizada na noite desta quarta-feira

São Bernardo volta a ter toque de recolher a partir de segunda-feira. Foto: Divulgação/PSBC

O prefeito Orlando Morando anunciou na noite desta quarta-feira (26/05) que São Bernardo voltará a ter toque de recolher a partir de segunda-feira (31/05). A informação foi dada por meio de live. O chefe do Executivo afirmou que “as notícias não são boas” e em uma semana a ocupação dos leitos de UTI subiu 20% em uma semana, atingindo 61%.

De acordo com Morando, o toque de recolher será de 22h e 4h e não haverá transporte público. O comércio só poderá funcionar até 21. “Nós não queremos o caos de novo, com ocupação de 100% dos leitos. Estou me orientando pela ciência. Não vou ser um genocida”, disse o prefeito ao informar que tudo indica que haverá a terceira onda do novo coronavírus.

A Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria da Saúde, informou nesta quarta-feira a que possui 90.866 casos de Coronavírus (Covid-19) em investigação na cidade. Até o momento, 73.616 casos foram confirmados e 2.552 pacientes evoluíram a óbito. Outros 206.548 casos suspeitos da doença foram descartados. Até o momento, foram aplicadas 282.377 vacinas contra a Covid-19 no município.

Conforme boletim da Vigilância Epidemiológica, atualizado nesta quarta-feira (26/05), os novos óbitos são de 10 mulheres, de 39, 41, 47, 48, 50, 61, 65, 66, 73 e 74 anos, e de quatro homens, de 35, 47, 58 e 87 anos.

A rede de Saúde de São Bernardo conta atualmente com 537 leitos destinados a pacientes com Coronavírus, sendo 341 deles em enfermaria e 196 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Do total, 207 leitos de enfermaria e 148 leitos de UTI estão ocupados.

Todas as medidas podem ser conferidas no endereço eletrônico https://www.saobernardo.sp.gov.br/imprensa-oficial.

Fase de Transição

O Governador João Doria também anunciou nesta quarta-feira a prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo para todo o Estado até o dia 14 de junho, com as mesmas regras atuais – funcionamento das atividades econômicas até as 21 horas e permissão de 40% de ocupação nos estabelecimentos.

“O funcionamento das atividades comerciais seguirá até as 21 horas, com a permissão de 40% de ocupação no local, seja restaurante, café, comércio e demais serviços. Os indicadores da pandemia recomendam cautela neste momento, e é cautela que nós estamos adotando”, afirmou Doria.

Assim, estabelecimentos comerciais, galerias e shoppings podem funcionar das 6h às 21h. O mesmo expediente é seguido por serviços como restaurantes e similares, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus.

Para evitar aglomerações, a capacidade máxima de ocupação nos estabelecimentos liberados continua limitada em 40%.

Permanecem liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, desde que seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social.

O toque de recolher continua nas 645 cidades do Estado, das 21h às 5h, assim como a recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores do comércio, serviços e indústrias.

“Avaliamos nesta semana de que não seria ainda o momento de poder avançar como havia sido pensado na semana anterior, então hoje temos a extensão desta fase para continuarmos caminhando dessa forma. Continuamos tendo uma circulação alta do vírus, com novos casos, então devemos manter todas as medidas de segurança, com a taxa de ocupação dos estabelecimentos em 40%, uso de máscara constante e o distanciamento”, avaliou o Coordenador do Centro de Contingência do coronavírus, Paulo Menezes.

Nesta quarta-feira, a taxa de ocupação de UTIs por pacientes graves com COVID-19 está em 80,6% no Estado e em 77,6% na Grande São Paulo. O total de internados em UTIs era de 10.545 em todo o Estado, com outros 12.554 pacientes em vagas de enfermaria.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações