São Bernardo recebe mais 20 respiradores para abertura de leitos de UTI  

Equipamentos foram doados pelo governo federal via Estado   para atender pacientes com Covid-19

 

Novos respiradores foram doados pelo governo federal via Estado para atender pacientes graves com Covid-19. Foto: Divulgação/PSBC

 

A Prefeitura de São Bernardo informa que na noite desta quinta-feira (04/05) recebeu mais 20 novos respiradores, que possibilitarão a abertura de 20 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), no Hospital de Urgência (HU), no Centro.

Com os aparelhos, doados ao município pelo Governo Federal e enviados pelo Governo do Estado, o HU passará a ofertar, ao todo, 70 leitos de UTI para pacientes em estado grave da doença. Com a chegada dos ventiladores mecânicos, serão 141 os leitos de UTI exclusivos para pacientes acometidos pela Covid-19 na cidade.

Nesta segunda-feira, a Prefeitura de São Bernardo já tinha recebido outros dez novos respiradores para aumentar a capacidade de atendimento de pacientes com Coronavírus no recém-entregue Hospital de Urgência (HU).

“Os ventiladores mecânicos são praticamente a divisa entre a vida e a morte. Na hora em que a pessoa está em estado grave, um aparelho desses é fundamental. Com esse equipamento, a gente consegue ter muito mais tranquilidade para cumprir nosso compromisso de que nenhum morador de São Bernardo fique sem assistência”, disse o secretário de Saúde, Geraldo Reple durante a entrega dos aparelhos na segunda-feira.

O HU é maior hospital construído para atender pacientes acometidos pela Covid-19 do País e foi inaugurado no dia 14 de maio, após investimento de R$ 127,6 milhões da Prefeitura de São Bernardo. A Administração municipal contou ainda com o auxílio financeiro de R$ 25 milhões do Governo Federal, além de R$ 20 milhões do Governo do Estado para aquisição de equipamentos.

Com construção iniciada em maio de 2017, o HU foi idealizado para substituir o Hospital Pronto-Socorro Central, que possui quase meio século de existência, no entanto, durante a pandemia, ambos equipamentos seguem em funcionamento para garantir a assistência aos moradores de São Bernardo.