7 de maio de 2021

São Bernardo lidera geração de empregos no ABCD no 1º trimestre

Mais visitadas

Município registrou abertura de 3.701 vagas no mercado de trabalho formal nos três primeiros meses do ano

Central de Trabalho e Renda de São Bernardo sempre dispõe de vagas de emprego. Foto: Divulgação/PSBC-Gabriel Inamine

São Bernardo liderou a geração de postos de trabalho formais no primeiro trimestre do ano no Grande ABC. Mesmo sob os efeitos da grave crise econômica imposta pela pandemia causada pelo Coronavírus, o município registrou saldo positivo em 3.701 vagas com carteira assinada no acumulado dos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021. Os dados integram levantamento mensal do Ministério da Economia, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), e foram divulgados nesta quarta-feira (28/04).

De acordo com a publicação mensal feita pelo governo federal, São Bernardo registrou, no primeiro trimestre, 28.982 admissões e 25.281 desligamentos. Os números superam os resultados observados nos primeiros meses do ano de 2020, quando o município obteve saldo líquido de 668 postos de trabalho formais. Naquele período, foram concretizadas 27.001 admissões e 26.333 desligamentos.

O principal destaque na geração de vagas com carteira assinada no primeiro trimestre foi a indústria, com saldo líquido de 1.655 vagas (5.045 contratações e 3.390 desligamentos). Na sequência, o setor de serviços aparece com destaque, com saldo de 1.285 postos de trabalho (16.704 admissões e 15.419 demissões). Outro setor que colaborou positivamente para o resultado foi a construção civil, que registrou saldo de 534 vagas (1.914 contratações e 1.380 desligamentos). O comércio também apresentou desempenho satisfatório no trimestre, com saldo líquido de 228 postos (5.314 admissões e 5.086 demissões).

“Acompanhamos dia a dia os impactos da pandemia em São Bernardo e não é diferente na economia. Estamos atentos e atuando de forma permanente para o fomento do mercado de trabalho, seja com a desburocratização ou com incentivos fiscais. A geração de renda para a nossa população é uma meta contínua da administração”, observa o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando.

POLÍTICA DE INCENTIVO – Desde 2017, a Prefeitura de São Bernardo vem desempenhando diversas ações de incentivo à indústria, tendo em vista que o município é considerado um dos principais polos industriais do País. Entre as medidas estão a manutenção, expansão e inovação do parque produtivo instalado, estímulo e apoio à revitalização de áreas industriais, incluindo áreas degradadas e galpões industriais, programa municipal de inovação, atração de investimentos para pesquisa e desenvolvimento e revisão da lei de incentivos.

OPORTUNIDADES – Outra iniciativa importante adotada pela Prefeitura de São Bernardo para auxiliar moradores da cidade é a Central de Trabalho e Renda (CTR), agência pública do município que atua junto à iniciativa privada para oferta de oportunidades de emprego. A unidade funciona de segunda a quinta-feira, das 8h às 17h, e de sexta-feira, das 8h às 15h. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone 2630-7618.

Mais publicações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas publicações