Santo André tem registro de 26 escorpiões em 16 bairros

Prefeitura diz que realiza vistorias e orienta moradores sobre problema

Escorpiões são encontrados em residências de Santo André.

 

Moradores de Santo André tem usado as redes sociais para relatar que têm encontrado escorpiões em suas residências. A prefeitura confirmou o problema e salientou que a ocorrência de escorpiões é um fenômeno antigo na cidade, desde a década de 70. Em 2019, foram encontrados 26, em 16 bairros diferentes do município.

“Para reverter este quadro, a administração municipal realiza vistorias, orientações aos munícipes e acompanhamento dos casos. A recomendação para os munícipes é examinar sapatos, cortinas e montes de entulhos, locais onde normalmente estes animais se escondem. O morador que encontrar os escorpiões em sua residência, deve registrar a ocorrência no telefone 08000-191944 (atendimento ao munícipe) ou pelo aplicativo Colab”, informou a Prefeitura.

De acordo com a administração municipal, o animal capturado pode ser entregue na Gerência de Controle de Zoonoses da cidade (Rua Igarapava, 239 – Vila Valparaíso), que o encaminhará ao Instituto Butantã. “É importante sempre colocar endereço de captura e telefone de contato”, afirmou.

A Prefeitura de Santo André informou que os 26 escorpiões encontrados na cidade em 2019 apareceram nos seguintes bairros: Valparaíso, Jardim Alzira Franco, Camilópolis, Parque das Nações, Parque Oratório, Centro, Camilópolis, Utinga, Vila Guiomar, Bairro Jardim, Vila Luzita, Jardim Santo Antonio, Vila Sacadura Cabral, Vila Aquilino, Vila Metalúrgica e Jardim Santo André.

“Esclarecemos que, das 26 ocorrências de escorpiões registradas no ano passado no Departamento de Vigilância à Saúde, apenas três foram de situações que envolveram acidentes com o animal”, completou.

O Manual de Controle de Escorpiões, elaborado pelo Ministério da Saúde e disponível na internet, contém orientações importantes sobre como lidar com o animal. Segue trecho da publicação:

“O hábito dos escorpiões de se abrigarem em frestas de paredes, embaixo de caixas, papelões, pilhas de tijolos, telhas, madeiras, em fendas e rachaduras do solo, juntamente com sua capacidade de permanecer meses sem se movimentar, torna o tratamento químico ineficaz. O que também torna os escorpiões resistentes aos venenos é o fato de possuírem o hábito de permanecer em longos períodos em abrigos naturais ou artificiais que impedem que o inseticida entre em contato com o escorpião. Além disso, possuem capacidade de permanecer com seus estigmas pulmonares fechados por um longo período. A aplicação de produtos químicos de higienização doméstica compostos por formaldeídos, cresóis e paracloro-benzenos e de produtos utilizados como inseticidas, raticidas, mata-baratas ou repelentes do grupo dos piretróides e organofosforados não são indicados por causarem o desalojamento dos escorpiões para locais não expostos à ação desses produtos, aumentando o risco de acidentes. Além disso, cria-se a falsa sensação de proteção por parte dos moradores que acreditam que o problema foi resolvido, passando a negligenciar o trato com o ambiente. Por isso, é necessário que a população desses locais seja devidamente conscientizada quanto às medidas de prevenção de acidentes, previamente à aplicação destes produtos”

 

67 Comentários

    • os locais estão no texto da reportagem
      Valparaíso, Jardim Alzira Franco, Camilópolis, Parque das Nações, Parque Oratório, Centro, Camilópolis, Utinga, Vila Guiomar, Bairro Jardim, Vila Luzita, Jardim Santo Antonio, Vila Sacadura Cabral, Vila Aquilino, Vila Metalúrgica e Jardim Santo André.

    • Na matéria falou..26 escorpiões encontrados na cidade em 2019 apareceram nos seguintes bairros: Valparaíso, Jardim Alzira Franco, Camilópolis, Parque das Nações, Parque Oratório, Centro, Camilópolis, Utinga, Vila Guiomar, Bairro Jardim, Vila Luzita, Jardim Santo Antonio, Vila Sacadura Cabral, Vila Aquilino, Vila Metalúrgica e Jardim Santo André.

  1. Leiam melhor por favor, está logo acima os bairros, mas se não acharem mesmo assim vou mandar.

    A Prefeitura de Santo André informou que os 26 escorpiões encontrados na cidade em 2019 apareceram nos seguintes bairros: Valparaíso, Jardim Alzira Franco, Camilópolis, Parque das Nações, Parque Oratório, Centro, Camilópolis, Utinga, Vila Guiomar, Bairro Jardim, Vila Luzita, Jardim Santo Antonio, Vila Sacadura Cabral, Vila Aquilino, Vila Metalúrgica e Jardim Santo André.

  2. Esse desinteresse pela leitura vem de longa data. Aí dá nisso.Nao encontram uma informação que está na cara.Responsabilizar o governo atual,independente de qquer ideologia é mau caratismo, sacanagem inadmissível. O País está nessa situação de analfabetos funcionais por conta de quem????

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.


*