Sanko Espumas transfere fábrica de Diadema para São Bernardo

Empresa transferiu 300 postos de trabalho e criou 50 novas vagas; investimento foi de R$ 10 milhões

Sanko tranfere Sanko de Diadema para São Bernardo. Foto: Divulgação/PSB-Osmar Matsumoto

A Sanko Espumas transferiu sua fábrica de colchões de colchões de Diadema para São Bernardo. Os 300 funcionários foram remanejados e a empresa criou 50 vagas. Até outubro o quadro deve chegar a 400. O investimento na nova unidade foi de R$ 10 milhões.

A transferência teve um motivo: isenção fiscal. A fabricante de espumas e colchões vai ser beneficiada pela lei municipal que concede descontos progressivos no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

A inauguração da fábrica instalada no bairro Cooperativa foi nesta sexta-feira (27/04). “Agradecemos o prefeito por estas boas-vindas na forma de incentivos fiscais, que serão muito importantes para as operações desta nova unidade, que faz parte dos nossos planos de aumento da produtividade”, informou Domingos Vitiello Ciryllo Netto, dono da Sanko.

Com a ampliação, a Sanko vai produzir 4 mil colchões por dia. Atualmente são fabricados 1,5 mil.